Índia ultrapassa China como o maior mercado de motocicletas do mundo


A Índia é um país em franco processo de industrialização e os resultados começam a aparecer nos números de todos os setores. Agora, por exemplo, o país acaba de ultrapassar a vizinha China, como maior vendedora de motocicletas do mundo.

indian-flagA notícia foi repercutida na imprensa indiana, em jornais como o “Times of India” e “Siamindia”. Mais de 17,7 milhões de motocicletas foram comercializadas no país ano passado, superando as 16,8 milhões da China, que vinha liderando o ranking desde os anos 2000.

Para se ter uma ideia, apenas 887.653 motocicletas foram comercializadas no Brasil no mesmo período, de acordo com os dados da Abraciclo. A Índia, enquanto isso consegue vender 48 mil unidades por dia, atingindo os números brasileiros em apenas 18 semanas.

Enquanto o mercado brasileiro sofreu uma retração de 28% e o da China de 11%, a Índia teve uma expansão de 32% e os motivos são diversos. O aumento da participação das mulheres, um maior poder de compra e o aumento na infraestrutura (mais estradas pavimentadas) são considerados fatores contribuintes.

Os resultados já podiam ser vistos há alguns anos, quando as montadoras começaram a aparecer com um forte marketing. A Triumph montou uma fábrica na Índia, assim como a KTM e a BMW, esta através de uma parceria com o conglomerado TVS Motors.

O recorde mundial de vendas de motos, no entanto, ainda permanece com a China: mais de 19 milhões de unidades foram comercializadas no mercado interno em 2009. Contudo, devido à forte poluição, algumas áreas metropolitanas chinesas tem limitado o acesso a veículos (incluíndo motocicletas) com motores a combustão do centro das cidades.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.