Harley-Davidson sugere roteiro com dicas de passeios para aproveitar o verão nos EUA


A Harley-Davidson do Brasil está sugerindo um roteiro de mais de mil quilômetros para quem pretende passar as férias de verão nos Estados Unidos. As dicas incluem conhecer as badaladas Daytona Beach e Miami, além das belas paisagens do mais ensolarado estado norte-americano.

harley-davidson-viagem-pela-florida-4

Rodar de Harley-Davidson por algumas das mais famosas estradas da Flórida faz parte do roteiro sugerido.

O começo dessa viagem é na ponta sul dos Estados Unidos, mais especificamente em Daytona Beach. Palco do Daytona Bike Week, um dos encontros motociclísticos mais tradicionais do planeta, abriga também o famoso circuito de Daytona Speedway, que recebe provas da Indy e Nascar.

tour segue para Fort Christmas Historic Park, a poucos quilômetros de Orlando. Museu a céu aberto, o local abriga as casas dos primeiros moradores que chegaram à região por volta de 1840. Exibe também muitas peças usadas na agricultura e na pecuária do início do século XIX. É um tradicional ponto de encontro de motociclistas, parada obrigatória neste roteiro.

harley-davidson-viagem-pela-florida-2-1Em Orlando está também uma das maiores concessionárias Harley-Davidson do mundo. Do tamanho de uma grande loja de departamentos, a loja vende os mais variados itens oficiais e licenciados da marca. Da tradicional jaqueta de couro, passando por copos, objetos de decoração e até artigos para pets.

De volta à estrada, o próximo passo é seguir em direção a Cocoa Beach e ao Kennedy Space Center, próximo ao famoso Cabo Canaveral. Cruzando um “braço” de mar por meio de uma ponte é possível ver, a quilômetros de distância, o gigantesco prédio da NASA (Agência Aeroespacial Norte-Americana).

harley-davidson-viagem-pela-florida-1

Além de visitar, é possível dar uma volta na pista de Daytona.

Há um passeio guiado pelo Kennedy Space Center onde é possível ter noção de como o americano tem orgulho de ter chegado à Lua. Lá há réplicas em tamanho real de foguetes, cápsulas, os primeiros trajes espaciais, além da magnitude e a complexidade técnica dos primeiros foguetes enviados ao espaço.

Pela estrada A1A chega-se ao Sawgrass Recreational Park, que fica na região de Fort Lauderdale. Lá, é possível fazer um passeio de airboat, barco equipado com uma grande hélice na parte traseira e muito usado em filmes americanos de ação. Vale a pena descer da moto e navegar pela região pantanosa para observar a biodiversidade e também os aligátores em seu habitat natural.

harley-davidson-viagem-pela-florida-3

Relógios e outros itens à venda na Orlando Harley-Davidson, uma das maiores concessionárias da marca.

Depois, uma boa pedida é fazer uma parada no Cafe 27, uma lanchonete na beira da estrada – US-27, Southwest Ranches – que oferece duas excelentes opções: um big burguer ou um prato de arroz, feijão preto, salada e chuleta. O local é parada obrigatória para qualquer motociclista que está rodando pela região de Fort Lauderdale. Além da comida farta, aos finais de semana tem shows de rock.

Outro passeio cinematográfico, já em Key Largo, é cruzar o canal da marina a bordo do lendário “The African Queen”, um barco a vapor construído pelos ingleses há mais de 100 anos e utilizado no filme (de mesmo nome) estrelado por Humphrey Bogart e Katharine Hepburn. A película foi rodada em 1951 e o barco foi totalmente restaurado para as gravações. A duração é de pouco mais de uma hora.

Antes de chegar à Miami, o destino final, outro bar temático integra o roteiro: o Alabama Jack´s, ainda em Key Largo. O local traz uma decoração bastante peculiar, com placas de carros e motos de várias partes dos Estados Unidos. Há, inclusive, uma placa amarela do Brasil, com o registro de Brasília (DF). Este mesmo local, há mais de 50 anos, é parada de todos os motociclistas que cruzam a bela Card Sound Road.

Fotos | Aldo Tizzani (Agência Infomoto), Mia Karlsvärd, VisitFlorida e Anastasia Petukhova.


Sobre Lucas Carioli

Amante de corridas, Rock’n Roll e das boas coisas da vida. É publicitário por formação, mas descobriu na arte do jornalismo a verdadeira vocação de sua vida, principalmente falando de automobilismo, a sua grande paixão desde 1989. Entre 2011-2014 atuou como editor do site Motorpasión Brasil. Quando não está escrevendo ou tocando contrabaixo, está perdido em alguma estrada com sua moto.