Giugliano vai testar moto de Hayden na Alemanha


Davide Giugliano irá testar a Honda CBR1000RR Fireblade que pertencia à Nicky Hayden no circuito alemão de Lausitzring hoje e amanhã (26). O italiano busca retornar ao World Superbike e é um dos maiores cotados para assumir a vaga deixada pelo lendário norte-americano.

davide-giugliano-15471Giugliano está disponível no mercado, depois de se desligar da equipe Tyco-BMW onde competia no campeonato britânico. A Honda, por outro lado, está sem seus dois pilotos, já que Hayden morreu em um acidente de bicicleta em maio e Stefan Bradl está no Japão para disputar as 8 Horas de Suzuka no próximo final de semana.

Apesar das férias de verão, nossa equipe continua trabalhando“, disse o proprietário da equipe Ten Kate, responsável pelo gerenciamento da Honda no World Superbike. “O objetivo é estarmos prontos para a segunda metade da temporada e ter uma motocicleta competitiva.

A Honda teve muitos problemas na primeira metade da temporada para acertar as novas Fireblade, que muito desapontaram Hayden e Bradl. Por isso, além de Giugliano, a equipe Ten Kate também trouxe à Lausitzring o piloto Matteo Magnoni.

Quero agradecer a Matteo e também a Davide por sua vontade de se juntarem a nós“, ressaltou. “Sua contribuição será útil para o time e para Bradl, atualmente no Japão para as 8 Horas de Suzuka“, apontou.

Bradl deve retornar aos comandos de sua Fireblade para o Grande Prêmio da Alemanha do World Superbike, programado para os dias 19 e 20 de agosto. A segunda vaga, no entanto, ainda está em aberto. Jake Gagne substituiu Hayden na última etapa em Laguna Seca.

Giugliano nunca escondeu sua vontade de retornar ao World Superbike, onde competia pela Ducati até o ano passado, antes de ser substituído por Marco Melandri. O italiano, no entanto, tem a concorrência de Sandro Cortese, que não deve permanecer na Moto2 em 2018.


Sobre Lucas Carioli

Amante de corridas, Rock’n Roll e das boas coisas da vida. É publicitário por formação, mas descobriu na arte do jornalismo a verdadeira vocação de sua vida, principalmente falando de automobilismo, a sua grande paixão desde 1989. Entre 2011-2014 atuou como editor do site Motorpasión Brasil. Quando não está escrevendo ou tocando contrabaixo, está perdido em alguma estrada com sua moto.