Brookes conquista dramática vitória na primeira corrida em Thruxton

Josh Brookes venceu hoje (6) a primeira corrida do British Superbike no belo circuito de Thruxton, conseguindo ir ao lugar mais alto do pódio pela primeira vez após o seu retorno a categoria. Peter Hickman e Jake Dixon completaram o pódio.

Em Thruxton, Josh Brookes conquista sua primeira vitória em após retorno ao British Superbike. (Foto: Double Red)

Em Thruxton, Josh Brookes conquista sua primeira vitória em após retorno ao British Superbike. (Foto: Double Red)

Depois de ter passado por uma temporada muito difícil no World Superbike em 2016, Josh Brookes retornou ao British Superbike, categoria a qual ele foi campeão em 2015 antes de aceitar o desafio de correr em diferentes pistas pelo mundo. E a sua decisão de retornar a sua “casa” não foi errada. Não foram necessárias muitas corridas para que o australiano pudesse voltar a frequentar o lugar mais alto do pódio.

Na primeira corrida realizada hoje (6) em Thruxton, o australiano conseguiu uma grande vitória após superar Jake Dixon e Peter Hickman. Brookes teve que ter muita paciência para realizar as ultrapassagens, já que Dixon e Hickman lutavam pelo primeiro lugar intensamente e uma manobra arriscada poderia significar final de prova.

Dixon conseguiu fazer uma boa largada quando as luzes vermelhas se apagaram. Hickman tomou o segundo lugar de Brookes também na partida do grid, mas logo a corrida sofreria uma longa interrupção. A Kawasaki de Billy McConnell pegou fogo e o carro de segurança entrou na pista, saindo apenas pouco antes de ser completada a sétima volta.

Dixon liderava o pelotão até a nona volta, quando Hickman o superou pouco antes da linha de chegada. Três voltas depois, Brookes também passou pelo pole positon da corrida e foi a caça de Hickman. A liderança veio duas voltas depois, em uma manobra bastante agressiva do australiano.

Brookes conseguiu abrir uma razoável vantagem na liderança, deixando Hickman e Dixon lutando pelo segundo lugar. Shane Byrne, líder do campeonato, acompanhou o forte ritmo dos três primeiros, mas não arriscou nenhuma tentativa de ultrapassagem, mantendo uma posição mais conservadora durante quase toda a corrida, principalmente durante as últimas voltas.

Enquanto a luta pelo segundo lugar era intensa, aconteciam diversas brigas no meio para o final do pelotão. Jason O’Halloran, Christian Iddon e Leon Haslam lutavam pelo quinto lugar, enquanto mais de dez pilotos brigavam intensamente por posições que rendessem pontos no campeonato.

Dixon chegou a superar Hickman quando faltavam três voltas para o final, mas uma das grandes sensações do Troféu Turista da Ilha de Man deste ano conseguiu recuperar o segundo lugar na penúltima volta.

Brookes cruzou a linha de chegada com pouco mais de um segundo de vantagem sobre Hickman, enquanto Dixon completou o pódio. Byrne, por sua vez, finalizou a prova no quarto lugar, sem atacar e sem ser atacado por ninguém.

Iddon superou O’Halloran na penúltima volta e ficou com o quinto lugar, enquanto Haslam acabou ficando com a sétima colocação. Bradley Ray, John Hopkins e Sylvain Guintoli Completaram o top 10 da corrida.

Sobre Daniel Machado

Estudante de administração, aprendeu a gostar das corridas em duas rodas graças a Alex Barros. Curte também um bom Rok'n Roll e viajar pelo Brasil. Escreve sobre corridas desde 2009 e acompanha diversas categorias sobre as duas rodas.