Piloto quer bater recorde de velocidade com uma BMW R1200GS


Trev Richter, um especialista em pilotagem off-road está com uma ideia maluca na cabeça: bater um recorde mundial de velocidade máxima, mas não com uma superbike convencional. O piloto que fazer isso com uma BMW R1200GS!

world-fastest-gs-1

Richter quer transformar a sua R1200GS na mais rápida do mundo. (Fotos: Trev Richter/Divulgação)

O projeto, intitulado como “World’s Fastest GS” surgiu como uma brincadeira durante o festival de velocidade no Deserto de Bonneville, do ano passado. Sua amiga Erin Sills participou com um BMW S1000RR ultrapassando as 200 mph (mais de 320 km/h) e Richter resolveu que queria fazer o mesmo com a sua big trail.

Certo, mas por que uma R1200GS? “É a moto que eu amo montar, ninguém fez isso antes e esse é o espírito dos recordes de velocidade“, explicou Richter. “Eu queria criar uma motocicleta com a qual poderia treinar, viajar e também correr“. Muito bem, então!

world-fastest-gs-2

A garrafinha de óxido nitroso dá um impulso extra à GS.

O primeiro de tudo foi tentar reduzir o seu extraordinário peso de 263 quilos, retirando tudo o que não fosse necessário, como o assento do passageiro e suas respectivas pedaleiras. O escapamento original também deu lugar a um Remus HexaCone Sport, cerca de dois kg mais leve.

O passo seguinte foi substituir o módulo eletrônico original por uma nova ECU reprogramável, que permitiu também a adaptação de um sistema de óxido nitroso ao lado direito da motocicleta. O gás é o responsável por dar, à R1200GS, o impulso que faltava por vários segundos extras.

world-fastest-gs-3

O piloto procurou manter as características originais da Big Trail.

Apesar da busca incessante por performance, nem tudo foi aceito. Richter, não quis alterar profundamente as características básicas da moto. Ou seja, ela deveria continuar sendo uma big trail, apesar de tudo. Por isso a relação de marchas, os aros e os pneus (de trilha) permaneceram originais.

Com a motocicleta carregada de baú e alforjes, Ritcher conseguiu alcançar 140 mph (225 km/h) em uma rodovia de asfalto. Em sua primeira tentativa em um lago de sal (Mirage Dry Lake, na Califórnia), a moto chegou à 135 mph (217,261 Km/h), marca que pretende melhorar nas próximas tentativas. O objetivo final é chagar à 170 mph, ou seja, mais de 270 km/h.

world-fastest-gs-4

Conquistado o recorde, todos os fundos vão para uma ONG.

O projeto é uma diversão, mas também tem uma causa nobre. Richter quer angariar fundos para a “Motorcycle Relief Project” (MRP), uma organização sem fins lucrativos que organiza viagens para veteranos de guerra que sofrem com estresse pós-traumático. O piloto vai doar sua moto e todo o dinheiro arrecadado à essa instituição.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.