MotoGP pode voltar à Donington Park em 2018


O Grande Prêmio da Inglaterra de MotoGP pode voltar a ser disputado em Donington Park, já em 2018. De acordo com a imprensa britânica, um contrato pode ter sido firmado em Misano e, no calendário provisório revelado hoje (13), o local da etapa ainda está para ser anunciado.

gp-da-inglaterra-de-2008b

Casey Stoner lidera o pelotão em Donington Park, 2008.

De acordo com fontes ligadas ao prestigiado Motorcycle News, Jonathan Palmer, atual proprietário de Donington e outros representantes conversaram com Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna durante o Grande Prêmio de San Marino, realizado no último final de semana para oferecer uma proposta.

A tentativa ocorre apenas alguns meses depois da desistência do circuito no País de Gales, que ainda mantém os direitos de receber o Grande Prêmio da Grã-Bretanha. O projeto, idealizado em 2011, não chegou a sair do papel e a prova vem sendo sediada em Silverstone em caráter provisório.

Muito embora a prova em Silverstone esteja indo muito bem (a edição desse ano teve um aumento de 17.000 espectadores em relação ao ano passado), muitos clamam pelo retorno à Donington Park, pista considerada como “o verdadeiro lar” da etapa britânica de MotoGP no calendário.

O circuito, localizado no condado de Derbyshire recebeu a MotoGP por 22 anos consecutivos (entre 1987 e 2009) e sua saída aconteceu justamente por necessitar de reformas. Contudo, a atual administradora, Palmer’s Motorsport Vision concluiu apenas recentemente o processo de assumir formalmente o comando na pista, o que deve finalmente deslanchar as obras necessárias.

Curiosamente, o calendário provisório de 2018 foi revelado hoje e a etapa britânica é a única sem um autódromo definido. A grande novidade, no entanto, foi a inclusão do Grande Prêmio da Tailândia, do dia 7 de outubro. No total, serão 19 corridas, uma a mais que esse ano. Confira abaixo.

motogp-calendario-provisorio-2018