Ducati deve lançar Multistrda 1260cc em Milão


O motor “Desmosedici Stradale” da Panigale V4 não deve ser a única novidade da Ducati no Salão de Milão em termos de motorização, na próxima semana. A marca italiana também deve apresentar uma Multistrada com um propulsor de 1260cc.

ducati-xdiavel-testatretta-dvt-engine

Motor Testastretta DVT: Agora, na Multistrada 1260cc? (Divulgação)

A suspeita surgiu ainda no mês de julho, quando documentos reveladores deram entrada no Conselho de Emissões da Califórnia (CARB), nos Estados Unidos. O certificado aponta a chegada de uma Mutistrada com motor de 1262 cm³ para 2018, o mesmo que já equipa a Ducati XDiavel.

Assim como outras marcas, a Ducati também vem contornando as limitações das novas normas antipoluição da Europa aumentando a capacidade cúbica de seus motores. É a saída mais economicamente viável para controlar os gases sem perdas de potência e torque.


A escolha do motor da XDiavel faz todo o sentido, porque a motocicleta lançada no ano passado é a que tem o propulsor Testatretta DVT mais avançado, já com válvulas variáveis. Na custom, a potência chega a 156 cv a 9.500 rpm com um torque de 13,1 kgf.m à apenas 5.000 rotações. Ou seja, perfeito à Multistrada.

Agora, a história ressurgiu na imprensa europeia, que dá como certo o lançamento da Multistrada 1260cc no Salão de Milão. Eles apostam que serão três versões: Standard, S e Pikes Peak. A potência poderia ser ainda maior que na XDiavel, inclusive.

Como já tem sido de praxe nos últimos anos, a Ducati promete irromper a cena no Salão de Milão com grandes novidades. Além da já citada Panigale V4, a primeira motocicleta com motor de 4 cilindros em uma década, a marca também deve revelar uma nova Scrambler, com 1100cc. Aguarde o dia 7 de novembro!


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.