Assim como Kawasaki, Ducati também lança nova linha de bicicletas elétricas


O nicho das bicicletas elétricas de alto desempenho está se transformando em uma nova vitrine para os fabricantes. Depois da Kawasaki anunciar sua linha para 2018, agora foi a vez da Ducati revelar seu exuberante catálogo para o próximo ano.

ducati-tt-evo-s-capaO modelo topo de linha é a exclusiva TT Evo S, uma montain bike com rodas de 27,5 polegadas e suspensões de 140 mm na dianteira e traseira. Os discos de freio contam com sistema hidráulico e o câmbio de 11 velocidades é fornecido pela Shimano.

As baterias alojadas dentro do quadro são da Bosch e a autonomia pode chegar a 150 km. A TT Evo S será oferecida por 4.950 euros (R$ 18.875, sem frete e impostos) e sua única cor disponível é o tradicional vermelho.

A Ducati também preparou a TT Evo, praticamente idêntica à TT Evo S, mas com câmbio e cores diferentes. Os modelos SCR400 e SCR300 compartilham grande parte dos mesmos componentes como os garfos RockShox Yari RC, as rodas e a unidade Bosch. Os preços variam entre 3.850 e 3.350 euros, respectivamente.

Para aqueles que não precisam de tanto, a Ducati também disponibiliza uma série de modelos urbanos como a E-Sport e E-City. Nessas bicicletas, o enfoque é a praticidade e autonomia, que fica entre 125 e 140 quilômetros. O preço é de 2.490 euros e 2.390 euros, respectivamente.

Mas essas não são os modelos mais baratos da linha. Ainda existe a E-Easy com motor Bafang e 75 quilômetros de autonomia e a E-Com, com motor na roda dianteira e câmbio de sete velocidades. Mais convencionais, essas as bicicletas foram tabeladas em 1.690 e 1.290 euros (R$ 6.444 e R$ 4.919, respectivamente).


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.