Rali Dakar 2018: conheça as armas da Yamaha para o desafio na América do Sul


A Yamaha está pronta para encarar o Rali Dakar 2018, que será a 40º edição do evento. A marca dos diapasões competirá na América do Sul com os pilotos Adrien Van Beveren, Xavier de Soultrait, Franco Caimi e Rodney Faggotter a bordo dos modelos WR450F Rally.

yamaha-official-dakar-rally-team-2018-1Van Beveren, que chegou em quarto lugar em 2017, é considerado o piloto principal e grande esperança da marca em voltar ao título mundial, o que não acontece desde Stéphane Peterhansel, em 1998. O francês vem de uma lesão no começo da temporada, mas afirma já estar totalmente recuperado.

Estou super feliz com a maneira como estão as coisas no momento. Meu treinamento e preparação foram ótimos e, para ser sincero, nunca me senti tão forte“, garante Van Beveren. “Estou feliz por não ter problemas e 100% saudável. Voltei da minha lesão ainda mais forte mentalmente e agora eu acredito que eu sou forte o suficiente para ganhar o Dakar“, acredita, apesar de estar entrando apenas em seu terceiro ano no evento.

Outro piloto bem cotado é Xavier de Soultrait, que chegou a ganhar alguns estágios em 2017 e foi um dos destaques da última edição. “Fiz mais de 22 mil quilômetros de treinamento de corrida e treinamento de navegação em 2017 e isso ajudou muito“, revelou o francês. “Sinto que tudo está no lugar certo no momento e, honestamente, é a primeira vez na minha carreira que eu me sinto dessa maneira“.

O time oficial é completado com Franco Caimi e Rodney Faggotter, que realizaram suas primeiras participações no Dakar 2017. O italiano chamou atenção com seu terceiro lugar no Rali Merzouga durante a temporada, enquanto que o australiano procura aproveitar ao máximo sua experiência e aptidão mecânica para ajudar a equipe e chegar o mais próximo possível dos cinco melhores.

A equipe oficial é liderada pelo diretor Alexandre Kowalski, o gerente José Leloir, e o gerente esportivo Jordi Arcarons, ex-piloto espanhol, vice-campeão em 1994, 1995, 1996 e 2001. A motocicleta WR450F Rally terá, além das atualizações mecânicas, uma pintura especial, inspirada na “Ténéré 700 World Raid”, protótipo apresentado no Salão de Milão, em novembro.

Leia também
Dakar 2018 tem rota definida e irá passar pelo Peru
KTM Mostra suas armas para o Rali Dakar 2018
Honda é roubada antes do embarque para a América do Sul


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.