Brembo emite comunicado sobre Recall


A Brembo se pronunciou oficialmente pela primeira vez sobre o Recall que as fabricantes que utilizam o cilindro mestre PR16 terão que fazer. A marca italiana afirma que informações erradas foram divulgadas, mas confirma o problema envolvendo sete marcas.

brembo-logoA falha foi descoberta pela Agência Norte Americana de Segurança no Trânsito (NHTSA) que, após realizar seus próprios testes, descobriu que o cilindro mestre PR16 pode se partir dentro do pistão, fazendo com que os freios não funcionem adequadamente.

Embora não discuta a causa do problema, a Brembo afirma em sua incisiva declaração que já estava ciente da possibilidade de problemas no cilindro mestre, mas que a extensão das falhas não são tão grandes. Confira a declaração completa abaixo:

“A Brembo SpA, líder na produção de sistemas de freio a disco para veículos, após as recentes publicações de alguns artigos pela imprensa internacional mencionando informações erradas, ressalta que:

– Graças ao constante acompanhamento da qualidade em seus processos de produção, descobriu-se a possibilidade de defeitos no pistão do cilindro mestre radial dianteiro (diâmetros 15mm e 16mm), vendidos entre 2015 e 2017 e montados em alguns modelos de motocicletas. Os únicos fabricantes afetados são:

-Aprilia
-Ducati
-KTM
-MV Agusta
-TM Racing
-Moto Morini
-Horex

-O Recall não afeta outros fabricantes, nem outros cilindros mestres, nem os cilindros mestres vendidos como kits de pós-venda através da rede de distribuição Brembo.

A Brembo informou prontamente os fabricantes do problema para que os proprietários das motocicletas acima mencionadas pudessem ser informados e convidados a substituir a peça na concessionária mais próxima.”

Após a descoberta, a Aprilia dos Estados Unidos foi a primeira a divulgar e programar o seu Recall, que envolve os modelos RSV4 e Tuono 1100. No entanto, outros chamamentos devem começar a ocorrer nos próximos meses, inclusive no Brasil.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.