Harley-Davidson do Brasil registra crescimento em 2017


Apesar da estabilização em nível mundial e da recessão no Brasil, a Harley-Davidson do Brasil encerrou o ano de 2017 em alta. A marca norte-americana acaba de divulgar o seu balanço em relação ao país.

Em dezembro, entre as montadoras que fabricam modelos com mais de 600cc, a H-DB registrou o 1º lugar em participação de mercado, com 21%. No acumulado do ano passado também houve crescimento, com 17,6% de participação, em comparação aos 13,7% de 2016. Com isso, a companhia torna-se uma das únicas que teve crescimento de market share no período anterior.

O ano de 2017 foi de grandes desafios, mas de bons resultados para a Harley-Davidson do Brasil, que registrou 5.295 unidades fabricadas, crescimento de 12,2% em relação às 4.719 unidades produzidas em 2016. Como consequência a linha 2018, já estava disponível no último mês do ano em toda a rede de concessionárias da marca.

A nível global, no entanto, os resultados de 2017 vinham se apresentando mais modestos, até com certo declínio em alguns mercados. Nos próximos 10 anos, a Harley-Davidson Motor Company pretende lançar 100 novos modelos em todo o mundo. Alguns deles podem ter tido os nomes registrados recentemente.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.