Sunderland comenta acidente: “é uma coisa assustadora perder a sensação em suas pernas”


Sam Sunderland comentou pela primeira vez sobre o acidente que o tirou do Rali Dakar enquanto liderava ontem (9). O piloto revelou que teve dois discos de vértebras esmagados e chegou a ficar sem sentir as pernas.

sam-sunderland-rali-dakar-2018-acidente

Sunderland precisou ser removido de helicóptero para um hospital em Lima, Peru (Reuters)

Ainda no hospital, Sunderland atualizou suas redes sociais com uma foto em preto e branco e uma pequena estrofe. O britânico lamentou ficar de fora do Dakar, mas se mostrou muito agradecido por ter escapado inteiro.

Obrigado por todas as mensagens gentis, desculpe por estar fora tão cedo e desapontar minha equipe e torcedores“, disse Sunderland. “Atualmente estou sentado aqui me sentindo muito sortudo, é uma coisa assustadora perder a sensação em suas pernas, mas agora está tudo bem, eu ainda tenho alguma dor de dois discos esmagadas, mas me recuperarei em breve. Boa sorte para minha equipe no resto do rali!“, encerrou.

Sunderland, que foi o campeão no ano passado, vinha caminhando para repetir o feito esse ano, já contabilizando duas vitórias em três etapas. Após o acidente no KM 230, o britânico tentou continuar competindo antes de acionar o botão de resgate quando percebeu que suas pernas e costas estavam dormentes.

Com seu abandono, a liderança passou para o holandês Adrian Van Beveren, da Yamaha. A KTM, no entanto, ainda pode vencer com os pilotos oficiais Toby Price (campeão de 2016), Matthias Walkner, Antoine Meo e Laia Sanz.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.