No Brasil, Harley-Davidson é recordista de emplacamentos no mês de janeiro


A crise na matriz norte-americana da Harley-Davidson parece não ter afetado a filial brasileira, que tem já motivos para comemorar em 2018: no mês de janeiro, a marca foi recordista de emplacamentos acima de 600cc no país.

harley-davidson-roadster-2016-10

Harley-Davidson Roadster: em fevereiro, o modelo está quase R$ 8 mil mais barato. (Divulgação)

Foram 408 unidades emplacadas, números que a deixam na liderança do segmento de motocicletas consideradas premium. Os bons números refletem o balanço da Harley-Davidson, que revelou crescimento na América Latina e Ásia.

Para dar continuidade ao bom momento, a Harley-Davidson segue oferecendo condições exclusivas em sua linha mês após mês. Em fevereiro é a vez da Forty-Eight, que teve o seu preço reduzido de R$ 48,1 mil para R$ 43,9 mil até o dia 28.

A Roadster, lançamento mais recente da marca, também recebeu um generoso desconto em fevereiro, deixando as concessionárias por R$ 40,9 mil ao invés dos R$ 48,6 mil pedidos anteriormente. A Softail Slim pode ser adquirida com a valorização de uma seminova de até R$ 4 mil.

Nos Estados Unidos e na Europa, no entanto, as vendas tiveram uma expressiva baixa em 2017, que já se reflete em ações na empresa. A fábrica de Kansas City será fechada e a produção será toda concentrada em Milwaukee novamente. Para completar, o lançamento do modelo elétrico foi antecipado para daqui a 18 meses.