MotoGP: Mamola ganhará status de lenda esse ano


Randy Mamola receberá o título de “Lenda da MotoGP” no Grande Prêmio dos Estados Unidos, em 22 de abril. O norte-americano, assim, se tornará o primeiro piloto a receber a nomeação sem ter vencido um título mundial no Campeonato Mundial.

randy-mamola-2016

Aos 58 anos, Mamola ainda é presença constante no paddock da MotoGP.

Mamola, que competiu nas 500cc entre 1979 e 1990 (retornando para apenas mais uma temporada em 1992) foi um dos pilotos mais rápidos e populares de sua época, conhecido pela grande habilidade natural e pela irreverência, sendo o preferido da torcida.

Eu não esperava, mas foi uma agradável surpresa começar o dia recebendo essa ligação“, confessou Mamola. “Quando eu contei a minha esposa e filho, como você pode imaginar recebi um enorme parabéns, mas depois foi tipo ‘Oh, não! Agora temos de viver com uma lenda'”, brincou.

Apesar de ter assegurado o vice-campeonato em quatro ocasiões, Mamola nunca foi campeão mundial, ao contrário de seus contemporâneos norte-americanos, Kenny Roberts, Eddie Lawson e Freddie Specer. Por isso, o piloto de 58 anos ficou emocionado com a honra.

A MotoGP é a minha vida e estou no paddock há 39 anos. Eu vi muitas coisas desde que cheguei aos 19 e é uma honra e um privilégio ser incluído em um nível tão alto de pilotos”, acrescentou. “Acho que as realizações que tive com o trabalho de caridade é outra parte a ser adicionada. Divulgando o esporte, apoiando o esporte você é um embaixador tendo título ou não”, aponta.

Mamola, assim se junta à Giacomo Agostini, Mick Doohan, Geoff Duke, Wayne Gardner, Mike Hailwood, Daijiro Kato, Eddie Lawson, Anton Mang, Angel Nieto, Wayne Rainey, Phil Read, Jim Redman, Kenny Roberts, Jarno Saarinen, Kevin Schwantz, Barry Sheene, Marco Simoncelli, Freddie Spencer, Casey Stoner, John Surtees, Carlo Ubbiali, Alex Crivillé, Franco Uncini, Nicky Hayden e Marco Lucchinelli.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.