Britânico constrói Kawasaki ZX-14 com 500 cv e energia solar


A Kawasaki ZX-14 é uma das motocicletas mais fortes que se pode conseguir. Com 190 cv de fábrica, é mega rápida e ainda é boa para viajar. Mas, para um preparador do Reino Unido isso era pouco. Depois de passar por suas mãos, esse modelo pode atingir 500 cv graças a algumas soluções mirabolantes que incluem até um sistema de energia solar.

kawasaki-zx14r-by-bigccracing-2018-1

O ar pacato esconde a usina de potência debaixo das carenagens. (BigCCRacing)

A obra foi feita por Sean Mills, da oficina Big CC Racing sediada em Wokingham, no condado de Berkshire, Inglaterra. O primeiro passo foi deixar a ZX-14 (chamada de ZZR1400 na Europa) mais forte eliminando a limitação eletrônica que a Kawasaki insere de fábrica no motor tetracilíndrico de 1441cc.

Para aumentar a potência, Mills tratou de adaptar um turbocompressor, o que já fez a potência pular para 270 cv. Mais do que uma Ducati Panigale V4 e no mesmo nível de uma MotoGP. O preparador, no entanto, sabia que o motor podia render ainda mais, por isso colocou um sistema de óxido nitroso que pode ser acionado através de um botão de ‘Booster’.

kawasaki-zx14r-by-bigccracing-2018-2

Guidão alto, amortecedor de direção e suporte para GPS. Conforto apesar da potência. (BigCCRacing)

Mills garante que apertando o botão de Booster, a potência salta para 330 cv, ouseja, mais que uma Kawasaki H2R. E não para por aí: o britânico garante que com gasolina especial de competição e o turbo regulado para render ao máximo, a potência pode atingir inacreditáveis 500 cv!

É claro que a operação não foi tão simples quanto parece. A embreagem precisou ser trocada para aguentar tamanha potência, assim como o radiador. No processo foi adicionado um quickshifter, assim como um assento mais confortável, um guidão mais alto, uma nova bolha, manoplas aquecidas, amortecedor de direção…

kawasaki-zx14r-by-bigccracing-2018-3

A motocicleta é utilizada no dia a dia sem problemas mecânicos. (BigCCRacing)

Isso que é o mais fascinante sobre essa moto: não foi concebida apenas para ser veloz. Ainda é possível rodar no dia a dia confortavelmente rápido com ela, tanto que possui afastadores de alforjes, top case e espaço para um GPS. O proprietário da moto Laurence garante que a utiliza em deslocamentos diários por Londres sem problemas.

Mas onde está o dito sistema de energia solar? Isso é a cereja no bolo: “Minha parte favorita está no top box, onde tem um painel solar aparafusado na tampa para manter a bateria carregada quando a moto está estacionada“, explicou Mills. Absolutamente brilhante. Para conhecer o trabalho dos caras, clique aqui.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.