Os prós e os contras da bateria de Lítio


Relativamente recentes no motociclismo, as baterias com íons de lítio possuem uma série de vantagens, apesar do ainda alto preço, e também algumas desvantagens. Conheça aqui um pouco de sua história e características.

bateria-de-litio-lithiumEmbora a primeira bateria de lítio tenha sido criada no começo do século 20 (1912), foi apenas na década de 1970 que alguns modelos ficaram disponíveis de modo muito restrito. Outros 20 anos seriam necessários até que a Sony conseguisse oferecê-las comercialmente pela primeira vez em 1991.

As primeiras tentativas tiveram muitos problemas por causa da instabilidade do lítio metálico, principalmente durante a fase de carregamento. Os engenheiros então mudaram seu foco para uma bateria que utilizava íons de lítio não metálico. Embora sua densidade de energia seja ligeiramente inferior, boa parte dos contratempos foram resolvidos.

Desde então, baterias de íons de lítio estão por toda a parte, já que equipam todos os nossos dispositivos eletrônicos, como computadores, laptops, tablets, smarthones, iphones e outros. As décadas de concorrência em busca de maior durabilidade fez-na avançar como nunca, até chegarem ao automobilismo e motociclismo.

Benefícios

bateria-de-litio-trocaBaixo peso – O que você primeiramente vai notar ao segurar uma bateria de lítio é a sua leveza. Em geral, elas são de 3 a 4 vezes mais leves do que um modelo convencional de chumbo ou gel, o que é uma coisa boa para as motocicletas mais pesadas.

Tamanho menor – As baterias de lítio costumam ser menores do que as convencionais, o que pode fazer com que fiquem folgadas no compartimento. Pensando nisso, alguns fabricantes fornecem pequenas almofadas de espuma para fixá-las.

Duram mais – O que realmente vale o investimento nas baterias de lítio é sua durabilidade infinitamente superior. Enquanto uma convencional tem uma vida média entre 200/300 ciclos de carga, uma de lítio pode chegar à 2.000 ciclos.

Força de arranque superior – As baterias de lítio costumam apresentar mais energia na hora que são mais necessárias, a partida. Por isso são as mais indicadas para motores mono e bicilíndricos, os que demandam maior força para girar nesses momentos. Entre as tricilíndricas e tetracilindricas uma simples pressão sem força será suficiente para dar partida.

Descarrega com menos rapidez – Se você for um motociclista ocasional, daqueles que não utiliza a motocicleta por várias semanas, a bateria de lítio descarregará com menos rapidez do que um modelo de gel/chumbo. Além disso, elas suportam descargas “profundas” melhor.

Carrega mais rápido – Por outro lado, elas são capazes de se energizar mais rapidamente. Enquanto uma bateria convencional precisa de 15 minutos para carregar 30%, a de lítio carrega 90% em apenas dez minutos. Mas isso depende de uma desvantagem que você confere logo abaixo.

Desvantagens
carregador-de-bateria-de-litio-alliant

Carregador específico para baterias de lítio: não é todo mundo que tem.

Podem precisar de um carregador específico – Nem todas aceitam um carregador convencional, algumas podem ficar danificadas. Enquanto os terminais das baterias convencionais são de chumbo, as lítio são de cobre, que além de mais leves, geram também uma perfomance elétrica mais rápida. Sim, há risco de explosão, por isso consulte o fabricante se o carregador é adequado.

bateria-de-litio-hoco-2

Baterias de lítio costumam indicar o nível de carga.

São mais sensíveis a temperaturas baixas – Você já deve ter notado que seu smartphone descarrega mais rápido no inverno, certo? O mesmo acontece com as baterias de chumbo/gel… e também de lítio. Mas o problema se torna uma dor de cabeça real apenas com temperaturas muito baixas, como a partir de 0º.

Elas podem queimar com mais facilidade – Como dito acima, as baterias de lítio são mais sensíveis a mudanças de temperatura e isso se aplica ao calor também. Embora não descarreguem, altas temperaturas podem causar sua queima, se não forem de qualidade.

Vale lembrar que isso só se aplica à baterias sem procedência, realmente. Os principais modelos atuais já contam com um cartão eletrônico que regula os ciclos de carga e descarga, o que evita esse tipo de problema. Você também pode verificar o status da bateria, já que um botão “teste” está em cima dela.

São mais caras – Embora a diferença venha diminuindo sensivelmente, as baterias de lítio ainda são mais caras do que as de chumbo/gel. Enquanto uma convencional de boa qualidade pode ser encontrada por cerca de 200/300 reais, a mais moderna dificilmente sai por menos de R$ 500, sendo otimista.

Leia também

Velas de ignição: como são, como funcionam e como trocá-las
Óleo mineral ou sintético? Qual é o melhor para sua moto?
Como trocar o seu kit de relação em casa

 


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.