Yamaha V-Max com três rodas? Sim, isso foi arquivado


A Yamaha pode ter aposentado a V-Max, mas a motocicleta ainda continua sendo uma útil plataforma para projetos registrados como esse, em que uma terceira roda foi adicionada à icônica cruiser japonesa.

yamaha-v-max-com-tres-rodas-2018A descoberta foi mais uma vez feita pela revista japonesa Young Machine, que não conseguiu reunir grandes informações à respeito. Essencialmente trata-se de uma V-Max com o mesmo sistema de inclinação nas curvas “LMW” empregado na recente MXT 850 Niken.

yamaha-niken-2018-4

Projeto baseia-se na polêmica MXT 850 Niken. (Divulgação)

A sigla LMW é uma abreviação para “Leaning Multi Wheel”, o que pode ser traduzido como Inclinação Multi Ângulo. Trata-se de um mecanismo com eixos que se inclinam na forma de um paralelogramo mantendo as mesmas características dinâmicas de uma motocicleta convencional, porém com maior aderência graças à terceira roda.

Uma custom/cruiser com maior aderência no trem dianteiro? Isso viria muito bem aos admiradores do estilo, que sofrem mais para fazer curvas fechadas graças ao seu entre-eixos mais comprido. Contudo, a adaptação ainda está bem rústica, com um guidão reto para o alto desproporcional com o design da V-Max.

Um retorno da V-Max com três rodas no futuro? Não é impossível, mas parece improvável no momento. É relativamente normal as montadoras utilizarem modelos consagrados para testarem novos projetos que muitas vezes nunca saem do papel. De qualquer maneira, a Yamaha já disse que mais modelos de três rodas irão ser oferecidos nos próximos anos.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.