Pastrana irá replicar salto de Knievel com uma Indian


Agora a coisa ficou séria: Travis Pastrana, que irá reproduzir o salto lendário de Evel Knievel sobre as fontes do hotel Ceasar’s Palace decidiu realizar empreitada não com suas motocicletas, mas sim com uma Indian Scout FTR 750.

travis-pastrana-com-uma-indian-scout-ftr-750A aventura foi revelada em março e na ocasião dissemos que Pastrana iria pilotoar uma Triumph Bonneville, a mesma que Knievel utilizou no salto de 1967. Mas, os planos mudaram, e o australiano preferiu adicionar uma enorme dose de perigo ao salto.

A Indian Scout FTR 750 é um modelo desenvolvido pela marca de Springfield para seu retorno às corridas de Flat Track norte-americanas. Conceitualmente é muito mais próxima da moto mais famosa de Knievel, uma Harley-Davidson XR750.

Indian Scout FTR750 (2016) 1

A FTR 750 lembra muito as motos utilizadas por Knievel. (Indian/Divulgação)

Com uma posição de pilotagem incomum e suspensões inadequadas para realizar saltos, a XR750 é dita hoje como responsável por muitos dos acidentes sofridos por Knievel, como o que aconteceu no estádio de Wembley, Inglaterra, em 1975.

Três décadas mais tarde, Pastrana fez seu nome realizando saltos inacreditáveis com modelos de enduro, com posição, quadro e suspensões muito mais eficientes. Pastrana, no entanto, preferiu manter a fidelidade ao invés da segurança.

É extremamente importante usar uma motocicleta similar às que Evel costumava pular“, disse Pastrana. “A Scout FTR750 é apenas isso, uma evolução moderna das Flat Track do passado. Ele tem potência necessária e é boa de pilotar, mas eu preciso de alguns dias para se sentir confortável. Nunca saltei com uma bicilíndrica“, revela.

Além do salto sobre as fontes, Pastrana irá também replicar outros dois pulos famosos de Knievel: voar ao longo de mais de 52 carros e sobre 16 ônibus. O show chamado de “Evel Live” acontecerá no dia 8 de julho em Las Vegas e será televisionado ao vivo pelo History Channel.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.