Granado demonstra cautela para GP da França: “quero me dedicar e não cair”


Eric Granado espera fazer uma corrida sem incidentes no Grande Prêmio da França de Moto2, que acontece nesse final de semana, em Le Mans. O brasileiro não pilota no lendário autódromo francês há quatro anos, quando teve experiências dolorosas.

eric-granado-gp-da-espanha-2018A última vez foi em 2014, quando ainda competia pelo Team Calvo-Laglisse na Moto3. Desde então, Granado esteve ausente do campeonato mundial, concentrando-se no brasileiro e no europeu, onde foi campeão de ambos em 2017.

Estou ansioso para este final de semana. Quero me dedicar e não cair“, disse Granado referindo-se ao Grande Prêmio da Espanha, realizado há duas semanas em Jerez de la Frontera. “Em Jerez demos bons passos no acerto do meu equipamento, achei um caminho confortável encima da moto. Infelizmente as quedas me prejudicaram muito“, afirma.

Em 2014, Granado se qualificou na 31º posição para o grid de largada, em decorrência de uma fratura no dedo da mão esquerda, também em Jerez, duas semanas antes. Como consequência, o piloto acabou desistindo de participar da corrida em decorrência das fortes dores.

Quatro anos mais tarde, Granado chega muito mais preparado e espera fazer melhor. “Minha última disputa em Le Mans foi há quatro anos, espero achar o traçado ideal rápido e evoluir durante os treinos. Eu gostaria de agradecer à minha equipe pela competência e experiência que eles estão me dando, bem como os patrocinadores, que nos apoiam“, destacou. Os treinos livres começam nessa sexta-feira (18).


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.