Bell apresenta nova viseira fotossensível que escurece sozinha


A Bell, referência no mercado de capacetes, está apresentando essa semana uma viseira fotossensível capaz de escurecer sozinha quando entra em contato com raios ultravioleta. A inovação promete aposentar definitivamente os visores solares internos.

viseira-bell-protint-fotosensivel-2018-2Cada vez mais populares, os capacetes com visores solares nos permitem combinar o conforto e a visibilidade de uma viseira transparente com a proteção de uma viseira escura sem ter que trocá-las manualmente como de habitual.

viseira-bell-protint-fotosensivel-2018-1

Viseiras utilizam tecnologia ProTint. (Bell/Divulgação)

O lado ruim, no entanto, é que esses visores adicionam peso à montagem, aumentam o ruído e reduzem a área de proteção oferecida pelo capacete, além de forçar modificações externas que afetam a aerodinâmica.

Foi pensando nesses contratempos que a Bell criou a tecnologia ProTint, resultado de anos de desenvolvimento. De acordo com a marca norte-americana, as viseiras são capazes de ajustar seu escurecimento para oferecer ao motociclista um nível constante de luminosidade dentro do capacete, independentemente do ambiente.

Dessa forma, as viseiras Bell ProTint são capazes de reagir à exposição solar sem muita demora, algo essencial quando o motociclista entra em um túnel, por exemplo. Em um ambiente escuro, a tela se tornará transparente até você obter um nível de visibilidade de nível 1. Sob o sol intenso, a tela escurecerá gradualmente.

As viseiras Bell ProTint já estão disponíveis por US$ 149,95 dólares (R$ 556,10 reais em uma conversão simples) e são compatíveis com a maioria dos capacetes da marca (SRT, Race Star FLEX, Star MIPS e SRT Modular).


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.