Ford registra sistema que detecta presença de motos e assume o controle


A Ford novamente efetuou o registro de patentes de um projeto envolvendo motocicletas. Dessa vez trata-se de uma espécie de sistema capaz de detectar a presença de motociclistas em volta do carro e agir automaticamente (antes do motorista) para aumentar a segurança.

motos-corredorDe acordo com os britânicos do Morebikes, o sistema filtra constantemente motocicletas que se aproximam entre as faixas da estrada, alertando com maior rapidez o motorista nos pontos cegos onde o retrovisor não alcança. Para corrigir isso, duas câmeras são instaladas na extremidade dos para-choques traseiros.

Certo, câmeras em carros já estão disseminadas, então qual a novidade? O sistema

funciona reduzindo o fluxo de vídeo a uma faixa limitada de imagens em escala de cinza. Em seguida, transforma a motocicleta em uma série de pixels escuros.

Se a quantidade desses pixels na área de filtragem atingir um certo número padronizado, o piloto automático assume os controles do carro e impede automaticamente que o veículo mude de faixa, mesmo que o motorista tente.

A patente registrada pela Ford afirma que o sistema pode ser instalado tanto em carros autônomos (que estão em expansão nos Estados Unidos) quanto em carros convencionais. Entretanto, não há previsão para que seja visto em um modelo de produção regular.

Não é a primeira vez esse ano que a Ford registra um projeto envolvendo motocicletas. No mês passado, a marca norte-americana patenteou um carro que continha uma moto acoplada, em um sistema bem complexo. Dessa vez, a tecnologia parece bem mais possível.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.