Vídeo: ex-piloto de F-1 constrói moto com motor de avião


Depois de tentar a sorte como piloto de Fórmula 1 durante os anos 1990, Tarso Marques se estabeleceu como um bem sucedido customizador de motocicletas, às vezes, um tanto exóticas. É o caso da TMC Dumont, construída em torno de um motor Rolls-Royce… de avião!

tarso-marques-tmc-dumont-2018-1Vencedora do concurso “Daytona Bike Week” em março desse ano, a TMC Dumont (sigla para Tarso Marques Concept e Santos Dumont) foi inteiramente projetada e desenvolvida no Brasil pela equipe do ex-piloto em São Paulo.

O piloto senta-se em uma estrutura metálica, a apenas 30 centímetros do solo tendo um enorme motor Rolls-Royce de seis cilindros horizontais roncando alto bem à sua frente. O grande destaque são as rodas sem raios de 36 polegadas, as maiores já vistas numa motocicleta, com 1,5 metro de altura.

A manobrabilidade foi garantida graças àaum engenhoso e sutil sistema de esterço na parte inferior da roda, que dispensa a utilização de bengalas e balanças e até de um guidão convencional, o que deixou os norte-americanos em Daytona bem impressionados. A tração é feita por correia.

O motor também precisou de atenção especial, sendo inteiramente desmontado pela equipe de Marques e adaptado para rodar nas ruas. Contém um novo sistema de refrigeração, bomba de combustível e outras peças especialmente criadas. A potência gira em torno dos 300 cv.

Os esforços valeram a pena. A TMC Dumont garantiu à Marques o sexto título no Daytona Bike Week, evento com 77 anos de tradição e que premia a criatividade e a engenhosidade de customizadores do mundo todo.

Minha maior motivação era mostrar para os americanos a nossa capacidade de criação e inovação com um projeto 100% nacional” comentou Marques. “E acho que esses troféus respondem bem essa dúvida e comprovam que, não apenas tivemos sucesso, mas que o sonho valeu a pena”, concluiu.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.