Harley-Davidson trabalha em sistemas de frenagem autônoma


A Harley-Davidson parece realmente disposta a implementar uma nova filosofia nos próximos anos. Assim como outras marcas, a montadora de Milwaukee está trabalhando em um Sistema de Frenagem Autônomo de Emergência que será aplicado em suas futuras motocicletas.

harley-davidson-sistema-autonomo-de-seguranca-ago2018-1Os desenhos de patente descobertos aqui pela imprensa britânica revelam um esquema eletrônico onde sensores determinam se um motociclista está fisicamente ou mentalmente preparado para uma frenagem de emergência.

Esses sensores seriam colocados em pontos-chave nas motos, como nas manoplas do guidão, assento, apoios de pé e painel de instrumentos, ou até mesmo dentro do capacete, para avaliar se o condutor está pronto para reagir a uma emergência, antes de a Frenagem Autônoma entrar em ação.

harley-davidson-sistema-autonomo-de-seguranca-ago2018-2Se o sistema detectar que o motociclista não está preparado, o sistema ativa luzes indicadoras de aviso e se não houver resposta, o dispositivo irá desacelerar a moto automaticamente. Por outro lado, se o condutor estiver alerta, o equipamento apenas irá auxiliar aplicando pressão de frenagem adicional.

Nos últimos meses temos visto um verdadeiro avalanche de projetos onde sistemas eletrônicos interferem na condução da motocicleta a fim de reduzir os alarmantes índices de acidentes com mortes no trânsito. Esses recursos disponibilizados primeiramente na aviação, foram implementados nos carros e agora estão chegando às motos.

harley-davidson-sistema-autonomo-de-seguranca-ago2018-3A primeira foi a Ducati, que divulgou que sua linha terá sistemas de radares para controlar melhor o trânsito em volta da motocicleta. Depois foi a vez da Bosch anunciar seus testes em conjunto com a KTM. A Ford também patenteou um dispositivo semelhante e a empresa RideVision largou na frente, já disponibilizando um recurso que pode ser instalado em qualquer modelo.

A patente da Harley-Davidson, no entanto, é particularmente significativa, pois a marca norte-americana sempre se mostrou muito conservadora e avessa a aparelhos que interfiram nas liberdades do condutor. Os surpreendentes anúncios dessa semana, contudo mostram que a nova administração está realmente mais preocupada com o futuro.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.