Granado desapontado: “em nenhum momento me chamaram para conversar”


Eric Granado não ficou calado após descobrir pela imprensa que seria substituído na equipe Forward Racing a partir do Grande Prêmio da Áustria, nesse final de semana. O piloto brasileiro afirma que a motocicleta nunca recebeu melhorias e não foi chamado para conversar sobre sua saída.

eric-granado-gp-da-holanda-2018Granado e seu companheiro de equipe, o italiano Stefano Manzi vem lutando contra os problemas do chassi Suter desde o início da temporada, obtendo como melhores resultados uma 19º e 11º posição, respectivamente. Mas apenas o brasileiro foi dispensado e sem aviso prévio.

A decisão da Forward foi uma surpresa para mim, já que em nenhum momento eles me chamaram para conversar sobre meu desempenho ou fui informado que seria substituído“, comentou Granado através de sua assessoria de imprensa. “Quando assinei o contrato com a equipe, realizei testes iniciais com o chassi Kalex, mas depois tivemos que mudar para o Suter. Nós lutamos em todas as corridas e os resultados de Manzi apenas confirmam isso”.

Granado será substituído por Isaac Viñales, primo de Maverick Viñales e que vinha competindo na Moto3 já nesse final de semana. Granado, enquanto isso volta a se concentrar no Superbike Brasil, mas existe a possibilidade de continuar no mundial através da equipe SAG, comandada pelo brasileiro Eduardo Perales.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.