BMW F750GS e F850GS: Recall chega à Alemanha


Lembram-se de que um lote da nova BMW F750GS e F850GS havia tido problemas no motor em sua montagem na China? A falha atingiu algumas unidades comercializadas na Alemanha, que tiveram que voltar às concessionárias.

bmw-f750gs-e-f850gs-2018-capa-2Um parafuso que não foi devidamente apertado na fábrica da Loncin na China pode colocar em risco o fornecimento de óleo ao motor de 853 cm³ que foi totalmente revisado para 2018 e é compartilhado pelos dois modelos.

De acordo com Gerhard Lindne, porta voz da BMW, 1.385 unidades da F750GS e F850GS apresentaram problema em toda a Europa, das quais 229 estão na Alemanha. Mas, segundo o representante, apenas 50 efetivamente chegaram aos clientes, que estão sendo contatados.

bmw-f850gs-2018-6

Motor de dois cilindros é compartilhado entre os dois modelos. (BMW)

Podemos localizar as motos afetadas pelo número de chassis e a grande maioria ainda não foram entregues aos clientes, com exceção dos modelos de demonstração nas concessionárias“, disse Lindne à revista alemã Motorrad. “Para estas motocicletas, há uma ‘autorização de movimento restrito’, na qual estão autorizadas a percorrer um máximo de 1.200 quilômetros“, afirma.

Em medições na bancada de teste, a BMW observou que uma peça “de entrega no motor não atende às especificações de longo prazo exigidas”. Isso significa que um desgaste prematuro e/ou danos ao motor podem ocorrer com o passar do tempo.

A marca alemã não disse exatamente qual era a peça, mas eles afirmam que o propulsor construído na China (e trazido até à fábrica de Spandau, distrito municipal de Berlim) teria de ser trocado como medida de precaução apenas em casos excepcionais.

O problema gerou atrasos na entrega dos modelos, mas segundo Lindne o importante era “reconhecer o problema imediatamente”. Ambas F750GS e F850GS serão disponibilizadas no Brasil até o final do ano. Entretanto, a marca possui uma fábrica própria no Polo Industrial de Manaus (AM).


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.