MV Agusta deve fazer Recall em vários modelos na Europa


A MV Agusta pode estar preparando um Recall em vários modelos, pelo menos em solo europeu. O problema é uma folga nos parafusos de fixação dos garfos dianteiros.

MV Agusta F3 RC (2017) 19De acordo com a Agência de Padrões Veiculares do Reino Unido (DFT), essa folga excessiva no parafuso de fixação axial nos garfos “pode levar a uma perda de controle”. Tanto é que os proprietários foram aconselhados a não pilotarem as motos até o Recall.

A falha, que aconteceu na linha de montagem, afeta os modelos Brutale 800, Brutale 800 RR, Brutale 800 RC, Brutale 800 Dragster RC, Brutale 800 Dragster RR, F3 675, F3 800, F3 800 RC e RVS # 1, totalizando nove modelos envolvidos, portanto.

Os modelos foram fabricados entre os dias 12 de março e 30 de abril deste ano e a ação que será tomada é de “verificar os furos nos suportes do eixo com uma ferramenta especial. Se não estiverem nos conformes, o garfo com o suporte de eixo defeituoso será substituído”.

Devido à pequena escala de produção e a raridade dos modelos MV Agusta novos rodando no Brasil, o impacto desse Recall deve ser mínimo, pelo menos por aqui. Mas se você for proprietário de um desses modelos e ficou preocupado, pode ler mais a respeito aqui.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.