KTM anuncia contratação de Dani Pedrosa como piloto de testes


A KTM anunciou hoje (26) a contratação de Dani Pedrosa como piloto de testes. O piloto espanhol, que está se retirando das corridas, vai se concentrar no desenvolvimento do modelo RC16.

pit-beirer-e-dani-pedrosa-oct2018Pedrosa assinou um compromisso de dois anos pela KTM (2019 e 2020), onde deverá desempenhar funções semelhantes às de Mika Kallio, piloto finlandês que realiza testes e participa de corridas ocasionalmente como convidado (wild card).

Ter um piloto com a habilidade e experiência de Dani como parte do nosso projeto é outro sinal forte que nós estamos na direção certa e continuamos a pressionar o máximo que podemos”, disse Pit Beirer, chefe da KTM Motorsport. “Vimos esse ano o quão competitiva é a MotoGP e como frações de segundo podem esconder o progresso real e nos dar lições valiosas”.


A ligação entre Pedrosa e a KTM já era aguardada há vários meses, já que ambos compartilham o mesmo patrocinador principal (Red Bull) e o espanhol contou com os serviços de Mike Leitner (diretor da equipe) na Honda por mais de uma década, até a temporada 2014.

Estou muito feliz por podermos chegar a este acordo com a Dani“, afirmou Leitner. “Com todos os seus anos de sucesso na MotoGP, eu acho que ele vai ajudar o nosso projeto e o desenvolvimento da moto. Dani é três vezes campeão mundial e três vezes vice-campeão, eu o conheço bem já que trabalhamos juntos, ainda é muito competitivo e isso só pode beneficiar o nosso esforço.”

A expectativa é de que Pedrosa pilote pela KTM ainda esse ano, nos primeiros testes coletivos visando 2019, no circuito Ricardo Tormo, em 20 de novembro. A sessão acontece no dia seguinte ao Grande Prêmio de Valência.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.