Salão de Milão: Ducati ressuscita Hypermotard 950 para 2019


A Ducati apresentou hoje (4), em sua premiere durante o Salão de Milão, uma nova Hypermotard para 2019. A motocicleta, que estava fora de linha há cinco anos, ressurgiu com a promessa de ser o modelo mais divertido do catálogo atual.

ducati-hypermotard-950-2019-capa

A nova Hypermotard será oferecida na Europa em duas versões: SP e Standard. (Fotos: Ducati)

Quatro quilos mais leve, a nova Hypermotard possui o motor Testastretta 11° de 937 cm³, que equipa a Multistrada 950 e provém 114 cv, quatro a mais do que o modelo anterior. A tração foi aprimorada e os novos componentes eletrônicos garantem uma entrega de potência mais suave.

Embora o design seja muito parecido com a que deixou o mercado em 2013 (claramente inspirada nas motocicletas de enduro e supermotard), pequenos detalhes colocam a nova Hypermotard em sintonia com o momento. É o caso das luzes diurnas que se juntam ao farol de LED, e o painel digital em TFT, dispensando o antigo de LCD.

ducati-hypermotard-950-2019-1

O modelo promete oferecer diversão ilimitada, em cidades ou autódromos.


A Ducati afirma que a ergonomia foi completamente reformulada no novo modelo, graças a um chassi de treliça tubular de alumínio “ultra avançado” e a um novo assento mais fino, o que permite à motociclistas de menor estatura sentirem-se mais à vontade sobre a motocicleta e tocarem o solo com maior facilidade.

Como era de se esperar, a Ducati equipou a nova Hypermotard com seu mais moderno pacote eletrônico. Uma nova centralina Bosch habilitou a moto a possuir ABS em curvas com a interessante função “Slide by Brake”, recurso visto pela primeira vez na Panigale V4 S. Controle de tração, antiwheelie e quickshifter bidirecional (opcional na versão standard e de série na versão SP) també estão disponíveis.

A versão SP possui cores de competição, suspensão Öhlins de maior curso para garantir um ângulo de inclinação mais longo (+3°) e rodas forjadas Marchesini. A antiga Hypermotard chegou a desembarcar no Brasil no começo da década, o que sigifica que existe uma boa possibilidade de a vermos novamente em 2019 ou 2020.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.