Os cinco capacetes mais silenciosos do mercado


O ruído do vento no interior de um capacete pode atingir 115 decibéis ou mais em velocidades de cruzeiro. Perdas auditivas já podem acontecer com apenas 85 dB, então isso é um grande problema. Se você é daqueles que preza pelo silêncio enquanto pilota, conheça aqui os cinco capacetes mais silenciosos do mercado atualmente.

Um capacete silencioso pode preservar sua audição e tornar o passeio mais agradável. (Motorcycle.com)

Antes de começarmos, uma reflexão: o que torna um capacete silencioso? Basicamente poucas aberturas e uma boa aerodinâmica. Quanto melhor um casco cortar o vento, menos barulhento será. Para que os melhores resultados sejam atingidos, é imprescindível testes em tuneis de vento.

A única marca de capacete a possuir um túnel de vento próprio é a Schüberth. Não por acaso, a empresa alemã é conhecida por produzir alguns dos modelos mais silenciosos do mercado, mas não é a única. Confira a lista abaixo, explanada pelos colegas norte-americanos do RideApart.

5 – HJC RPHA 11

Menos badalada e mais acessível, a sul-coreana HJC está no páreo com o RPHA 11, topo de linha no catálogo da marca, mas ainda assim menos caro do que qualquer Arai, por exemplo. O modelo tem um design otimizado e um excelente sistema de ventilação e de fluxo de ar.

De competição, o RPHA 11 foi projetado para desempenho extremo em velocidades máximas e vem com um interessante kit de Emergência (Cheek Pads) para resgate seguro e rápido em situações de acidente.

4 – Shark Evo-One 2

A Shark é uma das marcas que melhor consegue equilibrar qualidade e preço justo. Embora não providencie o isolamento acústico dos principais, o modelo da marca francesa ainda é capaz de providenciar um rodar suave e agradável.

De acordo com a marca francesa, a redução no ruído foi conseguida graças ao design CFD (simulando fluidos computacionais). O mais legal do Evo-One 2 é que trata-se de um capacete mais voltado para o turismo contando com um sempre útil óculos de sol interno.


3 – Arai RX-7V

Favorita de 10 entre 10 motociclistas ao redor do mundo, a japonesa Arai se orgulha de seus formatos de capacete externos excepcionalmente redondos como um recurso de segurança. O formato liso e de poucas aberturas, no entanto, também colabora com a aerodinâmica e consequentemente com o silêncio.

O Arai RX-7V é um capacete caro, mas vale a pena pelo conforto e tranquilidade que proporciona. No site oficial da marca, o casco pode ser adquirido em tamanhos que vão do XS (extrapequeno) ao XLL (extragrande) em 43 versões diferentes, algumas as pinturas dos melhores pilotos do mundo.

2 – Schüberth C3 Pro

Como já foi dito, a Schüberth é especialista em silêncio e segurança. Ainda um dos capacetes mais silenciosos disponíveis, o C3 Pro é capaz de gerar apenas 84 dB para o piloto a cerca de 65 mph (104 km/h).

Isso foi conseguido graças ao design apuradíssimo e detalhes adicionais, como “tubuladores” na viseira e um rolo de vedação ao redor do pescoço, minimizando a turbulência em duas áreas normalmente problemáticas e geradoras de ruído.

1 – Shoei GT-Air

Assim como Arai e Schuberth, a Shoei não brinca em serviço e oferece apenas o máximo. Qualquer produto oferecido pela marca japonesa é de altíssima qualidade e o GT-Air não foge à regra, focando-se exclusivamente em cortar o ar da melhor forma.

Desenvolvido em túnel de vento, o GT-Air é surpreendentemente silencioso em alta velocidade graças ao spoiler integrado ao casco que diminui o arrasto aerodinâmico. Além disso, também contém óculos interno e é oferecido em 21 opções de cores diferentes. Os preços partem de $549,99 dólares.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.