Rali Dakar 2019: equipe oficial KTM contará com piloto argentino


O Rali Dakar 2019 está se aproximando e, como sempre, a KTM é a maior favorita para a vitória entre as motocicletas. A novidade para o ano que vem é a presença de um piloto argentino, que competirá pela equipe oficial ao lado dos ilustres colegas campeões.

Trata-se de Luciano Benavides, irmão mais jovem do conhecido Kevin Benavides que chamou atenção nos últimos anos competindo pela Honda. Nascido na cidade de Salta, Luciano, de apenas 23 anos, é uma das maiores promessas de vitória da América do Sul.

Na edição do ano passado, Benavides saiu mais cedo da disputa com uma lesão que o deixou cinco meses de molho. O seu retorno aconteceu em seu próprio país, no “Desafio Ruta 40”, etapa válida para o Mundial de RallyRaid, conquistando um excelente sexto lugar.

É uma honra andar com as cores da Red Bull na moto. Isso carrega muita responsabilidade e alguma pressão adicional, especialmente quando estou pilotando ao lado de três campeões do Dakar”, confessa Benavides. “Mas vou tentar o meu melhor para transformar isso em motivação para ir bem. Meu objetivo é simplesmente terminar a prova“, completa.

Benavides terá como companheiros de equipe Matthias Walkner, Sam Sunderland e Toby Price, campeões nas edições de 2018, 2017 e 2016, respectivamente. Aliás, a KTM vence o Dakar ininterruptamente desde 2001.

Na retaguarda, ainda estão mais dois competidores, Laia Sanz e Mario Patrão. A aguerrida piloto retorna após lutar contra o vírus Epstein Barr. Já o português disputa seu primeiro Dakar com a equipe oficial. O evento começa em 6 de janeiro na capital do Peru, Lima. Conheça mais detalhes da rota de 2019 aqui.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.