Indian registra o nome “Raven” para uma futura motocicleta


A Indian efetuou o registro do nome “Raven” no escritório de patentes europeu, indicação de uma nova motocicleta pode estar a caminho no próximo ano.

O pedido foi apresentado junto ao Escritório de Propriedade Intelectual da União Europeia para o uso pretendido da marca “Indian Raven” em uma “motocicleta e peças estruturais”. Espera-se que o mesmo aconteça nos Estados Unidos nos próximos meses.

O pedido de registro revela muito poucos detalhes, além da intenção da marca de Springfield de usar o nome, que significa “corvo” em inglês. No entanto, algumas conclusões já podem ser tiradas, de acordo com a imprensa norte-americana.

Raven significa corvo em inglês.

O registro de marca foi para as palavras “Indian” e “Raven” juntas, então provavelmente podemos descartar uma variante da família Scout, caso contrário o arquivamento seria algo como “Indian Scout Raven”.

É possível que o novo modelo seja uma ‘bagger’ ou uma cruiser como a Springfield ou a Roadmaster, mas o nome Raven não evoca imagens de uma motocicleta pesada, como essas. Um pássaro leve como um corvo sugere um modelo menor e de aparência mais crua, como a nova FTR 1200.

Vale lembrar que durante o lançamento da própria FTR 1200, a Indian expressou sua intenção de expandir o catálogo da marca para outros segmentos inexplorados. “Uma moto esportiva é provavelmente o melhor caminho a seguir, porque a Indian nunca fez uma moto assim“, diz Ola Stenegärd, diretor de design da marca ao MCN.

 Outras possibilidades são de que a Indian crie uma cruiser esportiva, para concorrer com a Ducati Diavel, por exemplo, ou uma streetfighter, como anunciou recentemente a Harley-Davidson. Tudo isso, é claro, trata-se de apenas especulação e não saberemos com certeza o que a Indian pretende com o nome Raven até ouvirmos algo oficial ou que mais pistas sejam reveladas.