Triumph disponibiliza mais fotos e especificações da Thruxton TFC


A Triumph divulgou essa semana as especificações técnicas e mais fotos da novíssima Thruxton TFC, versão de alta especificação da clássica britânica limitada a 750 unidades. Podemos dizer definitivamente agora que a nova motocicleta é realmente de cair o queixo.

Trata-se do primeiro produto da Triumph Factory Custom (TFC), novo departamento da marca que se destina a dar um toque customizado de fábrica a seus modelos, tal qual a Harley-Davidson faz com sua linha CVO. Em breve uma nova Rocket III também será apresentada nesse mesmo formato.

Mas os engenheiros da Triumph não deram apenas um tapinha cosmético na Triumph. A motocicleta foi sensivelmente modificada, a começar pelo motor que contém pistões de alta compressão, um novo virabrequim, portabilidade atualizada e componentes mais leves. O resultado foram 107 cv de potência, 10 cv a mais em relação à Thruxton R.


Ao mesmo tempo, a Thruxton passou por uma dieta forte para ficar 11 quilos mais leve que o modelo padrão. Isso foi conseguido graças à carroceria em fibra de carbono, uma bateria mais leve, quadro do motor de alumínio, remoção do para-lama traseiro e os componentes do motor mais leves mencionados anteriormente.

A suspensão ficou no capricho, com garfos invertidos Öhlins NIX30 de 43mm na dianteira e um amortecedor com reservatório a gás na traseira, ambos totalmente ajustáveis. Os discos de freio de 310mm são mordidos por pinças Brembo monobloco de quatro pistões, que ainda contém cilindro mestre com uma bomba axial para precisão máxima de frenagem, acionados por uma alavanca MCS ajustável. Os pneus Metzeler Racetec RR são quase slicks.

 


A cereja neste belíssimo bolo inglês é um sistema de exaustão Vince & Hines desenvolvido com exclusividade para a Thruxton TFC. Os silenciadores são de titânio com tampas de fibra de carbono. Há também a marca Triumph gravada a laser nos silenciadores. O número do chassi está gravado na mesa de direção, conferindo um ar de exclusividade ao modelo.

Ao sentar-se o piloto terá à sua disposição um painel de disposição analógica, mas que na realidade é digital em TFT. O assento é de couro legítimo, os espelhos retrovisores têm detalhes em aço escovado, a corrente tem os elos dourados e a tampa de combustível é de alumínio com lingote usinado. A pintura ‘Carbon Black’ é composta de preto com listras douradas pintadas à mão.

 

É claro que a parte eletrônica não foi esquecida. A Thruxton naturalmente vem com freios ABS comutável de série, além de três modos de pilotagem e controle de tração. A iluminação é inteiramente composta por LEDs.

A Triumph informou que 200 unidades atravessarão o Atlântico para serem comercializadas nos Estados Unidos. Lá o preço sugerido para o modelo foi de US$ 21.500 dólares, o equivalente a R$ 79.550,00, sem impostos. Mas os proprietários recebem ainda uma carta numerada assinada pelo CEO da Triumph, Nick Bloor. A exclusividade custa caro.

Triumph Thruxton TFC especificações técnicas

 
Tipo de motor Dois cilindros em linha, 8 válvulas, SOHC, 270 °
Capacidade 1200cc
Diâmetro/Curso
97,6 mm x 80,0 mm
Força máxima 107 cv @ 8.000 rpm
Torque máximo 115Nm @ 4.850rpm
Sistema de combustível Injeção de combustível eletrônica sequencial multiponto
Escape 2 em 2, silenciadores de titânio escovado gêmeo com tampas de fibra de carbono
Transmissão final Corrente
Embreagem Embraiagem assistida, multidisco
Caixa de velocidade 6 velocidades
Quadro
Aço tubular, berço de alumínio
Instrumentos Conjunto de instrumentos multifunções LCD com velocímetro analógico e tacômetro analógico, marcação específica TFC
Braço oscilante
duplo, alumínio, anodizado claro
Roda dianteira
Aro anodizado preto de 32 raios e 17 x 3,5 pol.
Roda traseira Aro anodizado preto de 32 x 17 pol. De 32 raios
Pneu Dianteiro Metzeler RaceTec RR, 120/70 ZR17
Pneu Traseiro Metzeler RaceTec RR, 160/60 ZR17
Suspensão dianteira Garfos invertidos Öhlins 43mm NIX30 com rebote ajustável e amortecimento de compressão, curso de 120 mm
Suspensão traseira Dois amortecedores Öhlins totalmente ajustáveis ​​com reservatório piggy back, ajustadores de alumínio, curso de 120mm
Freio Dianteiro Dois discos Brembo 310mm flutuantes, com pinças de 4 pistões radiais monobloco, ABS comutável
Freio Traseiro Disco simples de 220mm, pinça flutuante Nissin de 2 pistões, ABS
Altura do assento 810 mm
Cáster 22,8º
Trilha 92 mm
Peso seco A ser anunciado
Capacidade do tanque de combustível 14,5 litros
Consumo de combustível A ser anunciado
Emissões de CO2 A ser anunciado


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.