Yamaha do Brasil apresenta pilotos e equipes para temporada 2019


A Yamaha do Brasil apresentou ontem à noite (6) os seus planos para as competições nacionais e internacionais na temporada 2019. Serão 21 pilotos defendendo as cores da marca em modalidades como motovelocidade, motocross, arenacross, enduro de regularidade, enduro FIM, rally e Pikes Peak.

A Yamaha apoia oficialmente dez pilotos apenas na categoria Yamahalube R3 Cup. (Divulgação)

Sucesso absoluto em 2018, chegando a alinhar 40 motos no grid e média de 38 por etapa, a Yamalube R3 Cup, uma das categorias do Superbike Brasil continua em 2019 com uma subcategoria, a Master, destinada a pilotos acima dos 35 anos.

O primeiro premiado pelo Programa BluCru foi Eliton Kawakami, que graças à seu bom desempenho em 2018 garantiu uma vaga no Mundial de Superbike SSP300 em 2019. O brasileiro vai correr com a MS Racing, equipe  com suporte oficial de fábrica mais bem-sucedida dentre as equipes que competem com Yamaha YZF-R3.

Entre os novos contratados está Paulo Alberto, que se destacou em 2018 como o piloto mais premiado pelo BluCru (R$ 25.700,00 ao longo da temporada), além de ser vice-campeão brasileiro na MX-1 e Campeão da categoria Pró no Arena Cross.

Eliton Kawakami disputará o Mundial de Superbike SSP300 em 2019. (Divulgação)

Também representarão as cores da Yamaha no Off-Road os pilotos Carlos Campano, (atual campeão Brasileiro na MX1), Fábio Santos (campeão da MX2), Tallys Nathan (bicampeão da MX2 jr) e Ricardo Martins, que visa conquistar o título no Rali Dos Sertões. A marca ainda oferece apoio oficial à equipe mineira O2BH Racing, que emprega os corredores Jomar Grecco, Rômulo Bottrel, Patrick Capila e Fábio Coelho do Amaral.

Também farão parte do time Yamaha Racing na temporada 2019 a dupla de embaixadores da marca Rafael Paschoalin e Jorge Negretti. O primeiro voltará a acelerar uma MT-07 no Pikes Peak Hill Climb busca do tão sonhado 1º lugar na categoria Middleweight. Em 2017, o paulista chegou em segundo e em 2018 foi terceiro.

Negretti segue como integrante da Yamaha Racing defendendo a marca em eventos e competições ao longo da temporada. Depois de superar desafios como a descida e a subida das Escadarias de Santos, e rodar milhares de quilômetros nas duas edições do Tour da Crosser, o veterano das pistas de motocross promete surpresas para 2019.

Rafael Paschoalin tentará novamente vencer o Pikes Peak Hill Climb, nos Estados Unidos. (Divulgação)

Criado em 2017 para promover e estimular o motociclismo brasileiro, o Programa BluCru  premiava os melhores da temporada com valores que chegavam a R$ 250.200,00. O sucesso foi tanto que, para 2019, esse prêmio mais que dobrou e será de R$ R$ 563.700,00.

Para fazer parte do programa BluCru, basta que os pilotos participem dos campeonatos apoiados pela Yamaha Motor do Brasil em 2018, competindo com motocicletas Yamaha. Pela diversidade das várias modalidades que o programa estará presente, haverá uma regulamentação específica para cada campeonato em que a Yamaha Motor do Brasil participará com o BluCru.

On Road:

  • Super Bike Brasil – Yamalube R3 Cup;

Off Road:

  • Campeonato Brasileiro de Motocross;
  • Campeonato Brasileiro de Enduro FIM;
  • Ibitipoca Off Road;

Os benefícios oferecidos pelo programa BluCru comuns a todas as modalidades, é o subsídio na compra de peças e equipamentos com desconto de até 60%, apoio técnico que estarão presentes nas competições, e o “Kit BluCru”, composto por camisetas, guarda-chuvas, squeeze, bonés, e mochilas que serão cedidos aos pilotos.

Na Yamalube R3 Cup, os pilotos terão desconto na compra da motocicleta, podendo adquirir uma YZF R3 ano/modelo 2019 com valor de R$ 15.700,00, diretamente com a organização do campeonato Superbike Brasil. Essa venda com valor subsidiado pelo BluCru está limitada a 40 unidades.

Já no Campeonato Brasileiro de Motocross, o destaque é a premiação, que será de até R$ R$ 563.700,00 para pilotos privados que competirem com motocicletas Yamaha, ano/modelo igual ou superior a 2013 nas categorias: MX2; MX2Jr; MX3; Nacional.  O valor da premiação em dinheiro será conforme sua classificação geral em cada etapa.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.