Tribunal alemão confirma que Alpinestars violou patentes da Dainese


Lembram-se daquela briga judicial entre a Alpinestars e a Dainese pela autoria do sistema de airbag em seus itens de vestuário? Após ter sido considerada culpada em primeira instância e ter recorrido da sentença em um tribunal alemão, a Alpinestars perdeu novamente a causa e tem seus produtos impedidos de serem comercializados na Alemanha. A decisão pode chegar também a outros países.

De acordo com a reportagem do Asphalt and Rubber, o Tribunal de Apelações de Munique determinou que a Alpinestars, com seu sistema “Tech-Air” violou definitivamente duas patentes (EP 2 412 257 B1) da Dainese, que oferece um mecanismo de acionamento semelhante chamado de “D-Air”.

A Alpinestars pode agora apelar novamente no Supremo Tribunal Federal alemão, ou aceitar a decisão atual, o que proíbe a venda dos macacões Tech-Air na Alemanha, além de recolher os produtos junto aos seus clientes comerciais e compensar a Dainese por danos decorrentes de suas vendas no país tedesco.

Alpinestars Tech-Air: a marca afirma que é a inventora do primeiro sistema de airbags. (Divulgação)


Em uma escala maior, porém, a decisão do Tribunal de Apelações de Munique pode influenciar outras ações legais semelhantes que a Dainese está movendo contra a Alpinestars nos mercados italiano, britânico e francês, bem como outras ações judiciais ainda pendentes no mercado alemão.

Trata-se de um grande baque para a Alpinestars. Nas duas últimas décadas, a marca italiana ultrapassou a lendária Dainese como a principal no setor de vestuário motociclístico graças a seus produtos de alta tecnologia e o sistema Tech-Air definitivamente está entre eles.

Dainese D-Air: eles garantem que a Alpinestars copiou seu sistema. (Divulgação)


A tecnologia é considerada como a principal inovação de segurança em duas rodas desde o surgimento do capacete. Alpinestars e Dainese se estabeleceram com as principais promotoras do equipamento, mas desde 2015 brigam em tribunais europeus pela autoria dos dispositivos.

Como afirmamos na época, tudo começou com a própria Alpinestars, que enviou uma carta à Dainese pedindo para que parassem de comercializar o sistema D-Air. A marca pegou suas patentes e entrou com ações judiciais contra a rival na Alemanha e na Itália.

A briga tem continuado ao longo dos últimos anos, com a mais rápida justiça alemã mostrando-se favorável às reivindicações da Dainese. As ações movidas na Itália e outros países ainda não chegaram a um veredicto.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.