MotoGP: KTM apresenta equipes para a temporada 2019


A KTM apresentou hoje (12), em sua sede na cidade de Mattighofen, na Áustria, as equipes para competir no Mundial de Motovelocidade em 2019. A marca austríaca terá representantes nas três categorias da modalidade.

Zarco é a grande esperança da KTM em alçar voos mais altos. (Divulgação)

Na MotoGP, os modelos RC16 mantiveram-se praticamente inalterados esteticamente, com o tradicional laranja da KTM contrastando com o azul escuro da Red Bull, sua principal patrocinadora. Os pilotos serão o francês Johann Zarco e o espanhol Pol Espargaró.

Estou feliz por estar aqui, e esta é a minha primeira apresentação em uma equipe de fábrica“, disse Zarco. “Eu descobri Mattighofen e a fábrica da KTM pela primeira vez em janeiro e fiquei muito impressionado. “Depois de alguns testes agora estou muito feliz. Sinto que as pessoas confiam em mim e é bom sentir essa confiança. Fizemos um bom trabalho, então a motivação é alta“, garante.

Pol Espargaró disse que espera aprender com Zarco. (Divulgação)

Espargaró vai para seu terceiro ano com a KTM e deu as boas vindas à Zarco. Johann integrou-se bem à equipe e já parece rápido. Significa que estamos preparados para esta temporada“, acredita. “Espero aprender com ele e aplicá-lo a mim mesmo para ser um melhor piloto e um melhor trabalhador. Eu só quero dar o melhor de mim em 2019 e o máximo que posso para a equipe“.

A maior novidade foi a apresentação da equipe satélite Tech3, que trocou uma sólida parceria de 20 anos com a Yamaha para juntar-se à KTM nessa temporada. As motocicletas foram pintadas em um tom de azul mais claro, que contrasta com partes em laranja e cromado. O design é semelhante ao do time Toro Rosso, na Fórmula 1.

Oliveira vai para a sua primeira temporada na MotoGP com a equipe Tech3. (Divulgação)

Para pilotá-las, a KTM trouxe Miguel Oliveira, vice-campeão da Moto2 como primeiro piloto. O português de 24 anos realiza sua estreia na MotoGP e terá ao seu lado o malaio Hafizh Syahrin, que debutou em 2018 e veio junto com a Tech3 para a marca austríaca.

Na Moto2, o lugar de Oliveira será ocupado pelo jovem espanhol Jorge Martin, atual campeão da Moto3, que terá como companheiro de equipe o sul-africano Brad Binder, vencedor de três etapas em 2018. Na categoria júnior o principal representante será Can Oncu, piloto turco que conquistou uma impressionante vitória debaixo de chuva em sua corrida de estreia, no Grande Prêmio de Valência, no ano passado.

A marca austríaca ainda terá o suporte técnico dos pilotos de testes Mika Kallio e Dani Pedrosa, que ainda recupera-se de uma fratura na clavícula, cujo tratamento está sendo feito a base de células-tronco. O espanhol só deve voltar a ativa no segundo semestre.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.