Na linha 2019, Honda Pop 110i ganha freios combinados


A Honda do Brasil anunciou no começo desse mês a linha 2019 de sua motoneta Pop 110i. O modelo mais barato da marca japonesa tem como principal novidade a adoção de freios combinados, que melhoram a segurança.

A Pop 110i agora possui freios combinados, apesar do tambor. (Honda/Divulgação)

A introdução obedece a uma lei do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que, para 2019 obriga as montadoras a disponibilizarem, pelo menos, um sistema de freios combinado (CBS) ou antibloqueio (ABS) em todos os modelos comercializados no Brasil.

O sistema CBS tem um funcionamento bem simples: quando o condutor aciona o pedal traseiro, um cabo fica responsável pela distribuição da frenagem também à roda dianteira, mesmo que o manete não seja acionado. A proporção é de 30%. A Pop 110i, no entanto, só é oferecida com freios a tambor.


Trata-se de um recurso bem diferente do ABS (Anti Blocking System) que se utiliza de uma central eletrônica para modular a frenagem nas rodas da motocicleta, não importando o quão forte você pressione o manete ou o pedal de freios.

No modelo 2019, a capa do assento é mais aderente. (Honda/Divulgação)

No mais, a Pop 110i permaneceu praticamente inalterada, com exceção de uma nova capa para o assento mais aderente, que impede o motociclista de escorregar em demasia. As cores disponíveis são preta, branca e vermelha.

O motor é um monocilíndrico de 109,1 cm³ com injeção eletrônica, capaz de render 7,9 cv de potência a 7.250 rpm e um torque de 0,90 kgf.m a 5.000 rotações. Com apenas 87 kg, a economia é o seu forte: em velocidade constante de 80 km/h, o consumo pode chegar a 40 km/l.

E é na prática que a Honda Pop 110i demonstra suas qualidades. Quando foi lançada em 2007, a motoneta teve uma certa aversão inicial devido ao seu acabamento excessivamente espartano. Mas o tempo mostrou que a marca japonesa estava certa. Em 2018, mais de 100 mil unidades foram produzidas, 70% para a região nordeste.

O modelo 2019 da Honda Pop 110i pode ser encontrado nas concessionárias com o preço público sugerido de R$ 5.790,00, que ainda pode variar conforme a região. Assim como o resto da linha, a garantia é de 3 anos, sem limite de quilometragem e troca de óleo grátis em 7 revisões.