Márquez: 5 horas de fisioterapia por dia o deixaram pronto para 1º etapa


Marc Márquez disse que os problemas em seu ombro esquerdo convalescente de uma cirurgia já estão praticamente superados. O campeão fez sessões de fisioterapia de cinco horas para estar pronto na primeira etapa do ano, que acontece nesse final de semana.

Márquez teve que se submeter a um procedimento cirúrgico no final do ano passado para corrigir problemas de deslocamento do ombro, que sofreu ao longo de 2018. O período de reabilitação, portanto, durou todo o inverno europeu e afetou sua pré-temporada.

Finalmente, é hora de ir correr mais uma vez”, disse Márquez no comunicado da Honda para o GP do Catar. “Este inverno tem sido diferente devido à cirurgia, trabalhei duro com cinco horas de fisioterapia por dia com apenas um objetivo: chegar nas melhores condições possíveis para a primeira corrida do ano”, destacou.

Apesar dos problemas, Márquez participou dos testes realizados em Sepang (Malásia) e Losail (Catar). “No Teste do Catar me senti muito melhor do que na Malásia, e agora posso dizer que estou quase 100%“, revelou. “A Honda fez muito para melhorar a moto e no teste estávamos nos sentindo fortes, especialmente para um circuito que normalmente não é o melhor para nós, mas temos que continuar melhorando”, reiterou.

A primeira etapa do ano está gerando preocupações nos pilotos com a temperatura baixa da pista vista nos testes. Eles acham que isso aumenta a chance de acidentes, como aconteceu há dois anos. “Temos que prestar atenção especial à temperatura e considerar tudo antes da corrida.”, lembrou Márquez. Seu novo companheiro de equipe Jorge Lorenzo chegou a pedir para que a prova tivesse seu horário antecipado.


Sobre Lucas Carioli

Publicitário de formação, jornalista por opção, principalmente sobre o motociclismo, o único "ismo" que pratica. Quando não está escrevendo ou tocando rock, está perdido em alguma estrada com sua moto.