Réplica de BMW R7 dos anos 30 será comercializada


Não parece, mas a moto acima é uma réplica moderna e bastante fiel de uma clássica BMW produzida nos anos 1930 cuja missão era ser a melhor de sua era, mas que nunca chegou a ser produzida em série. Entenda melhor essa história aqui.

Com estilo retrô e mecânica moderna, a “Nostalgia” promete ser funcional. (Fotos: Nmoto/Divulgação)

Projetada em 1934, a BMW R7 surgiu para mostrar ao mundo o que os engenheiros da marca bávara eram capazes de fazer. Envolta em uma carroceria aerodinâmica, a ‘superbike’ tinha os cilindros em posição mais elevada para uma melhor distância ao solo e um conjunto de garfos telescópicos, novidade absoluta no motociclismo.

Apesar da proposta ousada, a motocicleta nunca chegou a ser produzida em série e se tornou na “grande obra de arte perdida da BMW”. Mais do que isso, ela nunca havia visto a luz do dia até 2005, quando foi restaurada antes de entrar em exibição no museu da BMW em Munique. Contudo, sua aura mítica só cresceu nesses quase 90 anos.

É quando entram em cena os rapazes da empresa Nmoto. Sediados em Miami, na Flórida, eles construíram a “Nostalgia”, moto que homenageia e compartilha a beleza da R7 original, mas utilizando-se da plataforma confiável e moderna de uma BMW R nine T.


BMW R7, de 1934. (Divulgação)

Uma nova carroceria de alumínio foi construída e dentro dela está o tanque de combustível, com 12 litros de capacidade. Todas as partes elétricas foram removidas e integradas na estrutura da motocicleta, que conta ainda com painéis retrô. A caixa de ar foi substituída por um par de filtros individuais e o assento único é ajustável.

O motor Boxer original de 1.170 cm³ da R nine T foi mantido, enquanto o escape é um novo 2×2 com ponteiras estilo ‘rabo-de-peixe’. A parte moderna é composta de ignição sem chave, pneus radiais esportivos e discos de freio duplos na dianteira, com pinças Brembo. O ABS original também foi mantido.

Com o design vintage envolvendo um motor e ciclística modernos pode-se dizer que a Nostalgia cumpre a promessa da R7 que deveria ter sido a primeira superbike da história: “Ela oferece o estilo original com toda a tranquilidade de uma moto nova“, disse o fundador da Nmoto, Alexander Niznik. “É uma combinação perfeita e diferente de qualquer outra moto que você verá nas estradas”.

A Nmoto anunciou que a Nostalgia será oferecida na Europa em quantidades limitadas por US$ 49.500 dólares (cerca de R$ 195 mil reais). A moto vai estar presente no “Concorso d’Eleganza Villa d’Este” entre 25 e 26 de maio na Itália, no “Wheels & Waves”, entre 13 e 16 de junho na França e no “BMW Motorrad Days” na Alemanha em julho.