Honda implementa controle de tração na CRF 450R 2020


A Honda está apresentando essa semana para o mercado europeu, a sua linha Off-Road 2020. A grande novidade está na CRF 450R, que ganhou um controle de tração comutável.

Honda CRF 450R (Foto: Honda/Divulgação)

O sistema chama-se oficialmente “HSTC” (Honda Selectable Torque Control) e funciona atrasando o ponto de ignição quando uma determinada porcentagem de rotação do motor é excedida e não através de um sensor de velocidade da roda, como normalmente acontece.

O dispositivo conta com três níveis de seleção (com memória) e ainda oferece a possibilidade de ser desligado para maior liberdade caso o piloto queira. Outras configurações eletrônicas, como o Controle de Largada e os mapas de injeção também foram revisados.

Mudanças no bloco do motor trouxeram de 4% a 8% mais potência no pico de torque e, ao mesmo tempo, há melhorias na faixa intermediária de rotação. O cabeçote foi aprimorado e recebeu um novo projeto de pistão, além de uma admissão e exaustão revisadas.

A relação de transmissão foi ajustada para um melhor desempenho na altura da segunda marcha, o que garante que a potência do motor possa ser usada até o total e que a terceira e quarta marchas tenham agora um um comportamento mais suave e com menor fricção. O modelo recebeu ainda reforços no chassi e braço oscilante, novas pastilhas de freio e ajustes na suspensão.


Honda CRF 250R

Honda CRF 250R. (Foto: Honda/Divulgação)

A CRF 250R também recebeu um lote de atualizações. Assim como a irmã maior, aprimoramentos foram feitos no motor, que teve a árvore de manivelas alterada, assim como a câmara de combustão, pistões, bicos de admissão e escape, além de um novo mapeamento de injeção.

Assim como a irmã maior, a CRF 250R teve uma alteração na relação da 2ª marcha e um revestimento especial na 3ª e 4ª marchas. Mudanças que, segundo a Honda, proporcionaram um aumento de 4% em sua potência e de 8% de seu torque a médias rotações.

Na parte ciclística, seu peso foi reduzido no chassi e braço oscilante. Por outro lado, eles conseguiram aumentar a sua rigidez, proporcionando mais estabilidade e uma sensação de direção mais correta. Foram feitos também ajustes na suspensão para aumentar o amortecimento em baixa velocidade.. Novas novas pastilhas de freio traseiro foram adicionadas.

Quanto aos modelos que podem ser emplacados, como a CRF 450L, CRF 250L e CRF 250 Rally, apenas novos grafismos foram implementados, tendo como destaque uma elegante opção de cor preta. Preço e disponibilidade ainda não foram divulgados pela Honda.