Ducati cresce 5% no primeiro semestre de 2019


A Ducati voltou a crescer no primeiro trimestre de 2019. De acordo com os números do balanço trimestral divulgado pela Audi nos últimos dias, a marca italiana cresceu 5% nos três primeiros meses do ano.

Foram 12.541 motocicletas vendidas no primeiro trimestre de 2019, enquanto que o mesmo período do ano passado fechou com 11.949 unidades comercializadas. O grande destaque foi a boa acolhida à nova Hypermotard 950.

A maximotard, que voltou ao mercado renovada depois de uma ausência de seis anos, ajudou a acelerar os números da linha Multistrada na qual está inserida. O resultado foi um aumento de 18% em relação ao primeiro trimestre de 2018.

Outro modelo que apresentou um bom crescimento, de quase 15%, foi a linha Scrambler, o que evidencia a acertada decisão da Ducati de se expandir para outros segmentos de marcado tomada no começo da década.

A comprovação disso é a estagnação (para não dizer declínio) dos segmentos Superbike/Supersport. Esse nicho de mercado, que um dia foi o único da marca, apresentou uma queda de –13.5%.

O segmento das naked e cruiser também apresentou uma ligeira queda, de -1,13%. A expectativa maior da marca recaia sobre a nova Diavel 1260, que foi completamente revista para 2019 e não a Hypermotard 950. Uma demonstração de como o mercado também pode ser imprevisível.

Segmento

Q1 2019

Q1 2018

%

Scrambler 2.894 2.522 + 14.8%
Diavel/Monster/Streetfighter 3.054 3.089 – 1.13%
Hypermotard/Multistrada 4.113 3.469 + 18.6%
Supersport/Superbike 2.480 2.868 – 13.5%
Total 12.541 11.948 + 4.96%

Fonte | Audi AG