Suzuki estaria planejando uma “Super Katana” para o final do ano


Os japoneses estão caprichando nos rumores essa semana. O mais novo deles aponta que a Suzuki estaria planejando para o final do ano uma edição limitada da GSX-S100 Katana, com componentes derivados da atual GSX-R1000R.

De acordo com uma publicação da Young Machine, a “Super Katana” teria as mesmas especificações de suspensão e freios de sua prima carenada, ou seja, garfos Showa BFF, amortecedor traseiro Showa BFRC e pinças de freio Brembo monobloco com discos T-Drive de 320 mm.

Da GSX-R1000 também viriam as alterações no módulo eletrônico da Katana, o que pode elevar ainda mais a sua potência, que hoje gira em torno dos 150 cv. O guidão seria colocado em uma posição mais baixa e as carenagens seriam ligeiramente mais envolventes. A ilustração acima foi feita com base nessas projeções.

É interessante notar que essa ilustração parece ter sido feita com alguma contribuição da Yoshimura, parceira de longa data da Suzuki em competições. Portanto, não seria demais esperar um sistema de exaustão completamente novo capaz de render ainda alguns cavalinhos extras.

Na verdade, a própria Yoshimura já lançou com a Katana original dos anos 1980 uma versão especial. Totalmente na cor preta, essa motocicleta teve a cilindrada do motor aumentada para 1.135 cm³, o braço oscilante reforçado, o peso reduzido de 241 kg para apenas 197,8 kg e a potência aumentada de 95 cv para 150 cv.

A atual Katana (apresentada no ano passado) encontra-se agora na mão da imprensa especializada europeia, já que o modelo está sendo distribuído nas concessionárias de lá, nesse momento. É possível que a edição limitada seja lançada no final do ano, antes mesmo de Milão, no igualmente importante Salão de Tóquio, em outubro.