KTM 1290 Super Duke R é espionada novamente com novidades para 2020


Mais uma vez foi flagrado rodando em testes um protótipo da KTM 1290 Super Duke R com novidades para 2020. Não parece, mas a hypernaked da marca austríaca recebeu diversas alterações estéticas e mecânicas.

Assim como no primeiro flagra realizado no mês passado, os pilotos de teste rodavam com um protótipo sem disfarces, o que significa que a montadora já definiu as diretrizes do projeto em termos de design. O detalhe mais chamativo são as aletas do radiador, com um desenho bem mais agressivo.

A primeira vista, a nova 1290 Super Duke é parecida com o modelo atual. Entretanto, basta colocar a duas motos lado a lado para notarmos na hora as diferenças. A mais evidente delas está no escapamento completamente novo ao estilo Ducati Monster, que permitiu a utilização de um radiador maior, além de melhorar o ângulo de inclinação.

Também foi embora o subchassi de treliça tubular da Super Duke R atual. O componente bastante chamativo na cor laranja foi substituído por uma peça bem mais discreta e de aparência mais sólida. O braço oscilante recebeu alterações, conectando o amortecedor traseiro através de um link ao invés de diretamente como o modelo atual.


Leia também
Nada de BMW ou Harley-Davidson: a maior marca não asiática é a KTM
KTM lança 790 Adventure R Rally, versão ainda mais aventureira da big trail
KTM denuncia KTM por interferência sem autorização no segmento das e-Bikes

O motor V-Twin de 1303 cm³ teve a sua cota de modificações, principalmente no sistema de refrigeração, que conta com nova tubulação. De acordo com a imprensa britânica, o propulsor, que vem sendo chamado de “LC8-V2” terá em torno de 180 cv já compatível com as normas antipoluição do Euro5, que entra em vigor no ano que vem.

Em uma das fotos fica evidente o novo painel de TFT, que parece ter uma tela maior. A expectativa é de que seja sensível ao toque e com grande nível de conectividade. O conjunto óptico foi reprojetado para forçar mais o ar para fora e desviar o corpo do piloto com maior rapidez.

A motocicleta deve fazer a sua estreia em carne e osso no Salão de Milão (EICMA), que esse ano acontece entre 5 e 10 de novembro, na Itália. A marca de Mattighofen trabalha pesado para ter a sua resposta à Ducati Streetfighter V4, que deve chamar todas as atenções no evento italiano.