Recheado de tecnologia e segurança, capacete inteligente Forcite MK1 já pode ser encomendado


Lembram-se da Forcite, aquela marca australiana de capacetes inteligentes? Eles voltaram para informar que o seu modelo definitivo está pronto e com uma agressiva campanha de marketing: Além de brindes, os primeiros compradores concorrerão ao sorteio de uma MV Agusta Brutale 800 RR.

Fundada em Sidney por dois engenheiros industriais em 2013, a Forcite é uma startup australiana que irrompeu a cena em maio com o seu capacete inteligente “MK1 Smart Helmet”, que além de possuir diversos dispositivos eletrônicos, tem um enfoque especial na segurança do motociclista.

O casco construído em fibra de carbono tem até oito saídas de ar e uma asa traseira que melhora a aerodinâmica. Escondida na área do queixo está uma câmera frontal com 166 graus de angulação, resolução de 1080 pixels e capaz de gravar a 30 quadros por segundo. Também vem com um sistema de áudio e comunicação (microfone e dois autofalantes) com conectividade Bluetooth e Wi-Fi.

Embora não possua um visor em frente aos olhos como os outros capacetes inteligentes que conhecemos, o MK1 Smart Helmet possui um sistema de luzes coloridas de LED que orientam o usuário. A luz é colocada na parte inferior da viseira dentro do capacete, bem na frente do nariz.


Cada cor significa algo diferente: a verde nos diz que podemos ir para a direita ou esquerda com segurança. Laranja temos que ter cautela naquele momento. Azul podemos encontrar mau tempo e a combinação da cor vermelha e azul significa a proximidade da polícia. Todas essas cores aparecem piscando e servem como complemento para alguns avisos sonoros.

Naturalmente, o capacete também permite que você ouça música, receba chamadas telefônicas e ouça instruções de navegação. Mesmo com toda essa tecnologia embutida, o  revestimento interno antibacteriano é removível e lavável. Sua bateria de 1.400 mAh dura cerca de 5 horas e o peso do capacete é de 1.550 gramas.

A Forcite lançou uma promoção especial de lançamento, onde os primeiros compradores ganharam uma camiseta, viseira transparente, lente sobressalente para a câmara, dois pinlocks, uma bolsa, um controle de capacete no guidão, garantia de 24 meses e um distintivo, além de entrar no sorteio de um MV Agusta Brutale 800 RR.

Ao comprar o capacete, que custa 944 euros (R$ cerca de 4 mil) e que só pode ser feito através da web, você pode escolher entre um acabamento brilhante ou fosco e escolher entre uma viseira escura ou transparente. Apenas 1.000 capacetes serão fabricados nessa fase inicial, onde as entregas acontecerão na Austrália e serão feitas a partir de dezembro de 2019. Será que agora a era dos capacetes inteligentes começa?