Customizadores chineses transformam antiga CBX1050 em Café Racer


A reputada oficina de customização chinesa Mandrill Garage fez um trabalho inacreditável em uma Honda CBX1050 de seis cilindros, transformando a antiga sport-touring, em uma atraente Café Racer.

O pedido veio de um cliente anônimo, constando apenas ser um especialista da mídia automotiva chinesa a procura de uma peça para adicionar à sua coleção. Um velho exemplar 1981 foi importado para Pequim com grandes dificuldades, já que a motocicleta é classificada na categoria “Luxo”, de maior tributação.

A ideia era apenas aproveitar o icônico motor de seis cilindros em linha, sem dúvida a parte mais interessante e atraente da CBX1050. Todo o supérfluo foi retirado, começando pelos reforços desnecessários do quadro, para perder peso. Afinal o modelo original pesava mais de 270 kg.


O sistema de freios foi atualizado para o século 21. Pinças de freio radiais Brembo mordem discos flutuantes de 320 mm. Os garfos invertidos e ajustáveis Showa substituem os originais convencionais e são fixados em robustas peças usinadas. O farol quadrado deu lugar a outro redondo, mais condizente com a nova proposta.

Na traseira, o subquadro foi trocado por outro, que acomoda uma rabeta bem mais curta e para apenas um ocupante. O pesado braço oscilante também deu lugar a um elemento mais leve de uma Kawasaki ZRX, modificado para receber um novo jogo de amortecedores duplos, já que o sistema original era do tipo Pro-Link.

O motor permaneceu tecnicamente inalterado, mas por razões de confiabilidade, foi totalmente desmontado e revisado, recebendo um novo radiador de óleo. Os seis carburadores Keihin foram ajustados e novas ponteiras de escapamento, no esquema 3×1 de cada lado, adicionadas.

Os acessórios providenciados pela Motogadget são mínimos para manter o peso baixo. As pedaleiras são de alumínio usinado, com as presilhas de fibra de carbono. As rodas de 17 polegadas calçam pneus Bridgestone. A pintura vermelha com prata baseia-se nas antigas motos de competição da Honda. Sem dúvida, o velho Soichiro ficaria contente.

Leia também
Como a Honda CBX 1050 chocou a indústria em seu lançamento
Nos Estados Unidos, Honda CBX 1981 é descoberta ainda na caixa
Um, dois, três ou quatro cilindros?