Harley-Davidson ressuscita Low Rider S para 2020


Apesar de todas as polêmicas recentes, a Harley-Davidson não virou as costas para o seu passado. A prova é o renascimento da Low Rider S, que está de volta para 2020 com o motor Milwaukee Eight 114 e melhorias no chassi e atualizações eletrônicas.

O estilo é o mesmo de sempre, mas a Low Rider S recebeu atualizações em todas as áreas. (Fotos: Harley-Davidson/Divulgação)

Esse gigantesco propulsor V-Twin de 114 polegadas cúbicas (o equivalente a 1.868 cm³) foi inaugurado em 2016 na linha Softail e vem aos poucos substituindo o antigo “Twin Cam 88” dos principais modelos da marca, como a linha Dyna.

O engenho respira através de uma entrada de ar chamada “Gloss Black” e sopra seu poderio em duas ponteiras de escapamento do tipo “Shotgun”. O torque é de colossais 16,4 kgf.m a apenas 3.000 rpm, mais do que as Ducati Panigale com motor V-Twin.

Assim como o resto da família Dyna, quadro recebeu profundas modificações para os padrões da marca norte-americana. O braço oscilante é novo e agora sustenta um único amortecedor traseiro oculto, aposentando de vez o antigo e arcaico sistema bichoque.


O modelo 2020 aposenta os antigos amortecedores traseiros.

O mesmo pode ser dito sobre a suspensão dianteira, composta agora de duas bengalas invertidas de 43mm, que deve melhorar as coisas em relação aos antigos modelos RWU. Ao mesmo tempo, o ângulo de cáster foi reduzido em dois graus para aumentar a agilidade. As rodas de liga são de 19 e 16 polegadas, respectivamente.

O pacote eletrônico chamado de “Reflex Defensive Rider System” contém ABS em curvas, controle de tração (com modos standard e chuva), controle de freio motor, assistente de subidas e monitoramento da pressão dos pneus. Além disso, há também o aplicativo “H-D Connect”, que alerta você sobre lembretes de serviço e o todo o status da motocicleta diretamente em seu smartphone. A iluminação é toda de LED.

O design da Low Rider S foi o que menos mudou, felizmente. O modelo faz jus ao seu nome, com uma altura de assento extremamente baixa (673mm) e um visual ligeiramente esportivo, o que fica denotado pelos poucos cromados, pelos dois discos de freio dianteiros e moldura do farol que empresta um ar Café Racer à custom. O tanque comporta 18.9 litros e o peso geral é de rechonchudos 295 kg.

A Harley-Davidson Low Rider S é a primeira motocicleta da linha 2020 que é apresentada oficialmente e será comercializada no mercado norte-americano em duas cores: preto (Vivid Black) e prata (Barracuda Silver). Os preços partem de $ 17.999 dólares, o equivalente hoje (20) a R$ 72.535 reais.