MV Agusta anuncia novas Brutale 1000RC e RR baseadas na “Série Oro”


A MV Agusta anunciou que pretende disponibilizar em breve novas Brutale 1000RR e Brutale 1000RC, versões de produção da hypernaked com componentes em comum com a recente e limitada “Série Oro”. O brutal motor é um deles.

O motor de quatro cilindros em linha da “Série Oro” possui uma série de componentes picantes, como pistões de novo diâmetro/curso, válvulas de titânio, taxa de compressão mais alta e câmara de combustão retrabalhada, para uma melhor lubrificação.

Além disso, a MV Agusta disponibilizou a seus únicos 300 compradores um kit de competição instalado (composto principalmente por um novo escapamento da SC-Project) capaz de fazer a Brutale atingir 209 cv, a naked mais potente disponível no mercado.

Leia também
Com F3 800 personalizada, MV Agusta arrecada R$ 450.000 para Unicef
Veja como é a produção das MV Agusta Brutale 1000 Serie Oro
MV Agusta irá construir motos de 350cc-500cc na China


Em seu novo comunicado, a MV Agusta disse que as novas Brutale 1000RR e Brutale 1000RC terão exatamente o mesmo motor, além do mesmo peso de 208 kg (185 a seco), embora materiais muito menos nobres e caros sejam usados ​​em sua produção.

Como é de costume na MV Agusta, a versão RC (que significa Reparto Corse) será a mais brava, pois vem diretamente do departamento de competição da marca italiana, com componentes de alta especificação. A RR será mais barata e não terá tantos componentes exóticos.

Isso provavelmente significa que a RC conterá suspensões Öhlins, rodas Marchesini, pinças de freios Brembo Stylema e um escapamento SC-Projet. Já a RR viria com suspensão Marzocchi, amortecedor Sachs, ponteira convencional e uma pintura menos chamativa. As motocicletas devem ser apresentadas no Salão de Milão, entre 5 e 10 de novembro.