Linha 2020 da Suzuki nos EUA sugere novidades em breve


Na semana passada, a Suzuki apresentou a linha 2020 de seus modelos para o mercado norte-americano. No entanto, o catálogo chamou mais atenção pela ausência de algumas motocicletas importantes. Mudanças à vista?

Em 2020, a V-Strom 650 norte-americana será oferecida em um novo tom de azul. (Suzuki/Divulgação)

Modelos como V-Strom 650, GSX-R1000, SV650 e GSX-S750 estão garantidas com novas e “arrojadas” cores em 2020. Provavelmente a Suzuki está adiando as alterações necessárias para atender às novas normas de emissões do Euro5 até o ano/modelo 2021.

Por outro lado, V-Strom 1000, GSX-S1000 e GSX-S1000F não aparecem listadas como modelos 2020. Isso sugere que a marca de Hamamatsu esteja planejando apresentá-las no final do ano com mudanças mais significativas.


A Hayabusa ainda vive nos EUA e até ganhou novas cores. (Suzuki/Divulgação)

Praticamente inalterada desde 2014, a V-Strom DL1000 ainda é um dos principais produtos da Suzuki, mas sua permanência nas concessionárias não irá durar muito mais com o Euro5 em vigor. Uma nova geração pode estar a caminho. Vale lembrar que no início do ano um protótipo inspirado na velha linha DR foi flagrado em testes.

O mesmo pode ser dito das GSX-S1000 e o GSX-S1000F, apresentadas em 2015 e essencialmente as mesmas desde então, com exceção de uma pequena atualização em 2017. Com boa aceitação no mercado e ainda bastante atuais, um novo facelift e atualizações leves são esperados, naturalmente para enquadrá-las ao Euro5.

Curiosamente, o catálogo contém a presença de modelos 2020 da GSX-R 1340 Hayabusa, GSX-R600 e GSX-R750. Essas motocicletas, que saíram de linha na Europa no início de 2018 por não atenderem as atuais normas antipoluição, continuam vivas nos Estados Unidos, inclusive com novas cores para o próximo ano.

Isso é uma boa notícia para consumidor norte-americano, que ainda pode desfrutar desses modelos “puro sangue” em estado de zero quilômetro. Mas é uma má notícia de uma maneira geral, pois significa que não teremos uma nova geração (padrão Euro5) em 2020. Se isso acontecer será a partir de 2021.