Nos EUA, Indian Chieftain passa por Recall porque suas luzes são muito brilhantes


Você acha o governo brasileiro implicante demais? É porque não conhece o norte-americano. Nos Estados Unidos, a Indian fará um Recall em seus modelos Chieftain apenas porque suas luzes traseiras são excessivamente brilhantes.

De acordo com a Agência de Segurança no Trânsito (NHTSA), essas motocicletas não estão de acordo com as Normas Federais de Segurança para Veículos Motorizados, no artigo 108 referente à “Lâmpadas, dispositivos refletivos e equipamentos associados”.

Eles afirmam que as lanternas traseiras excedem os lumens máximos permitidos estabelecidos pelo governo federal. Isso acontece por um erro de programação na ECU,  configurada para iluminar as lanternas traseiras de forma brilhante demais.

Isso pode causar dificuldade em ver quando as luzes do freio foram acionadas e, portanto, representam um risco de segurança. 3.147 unidades Indian Chieftain modelo 2019 são afetados pelo “problema”. A marca notificará os proprietários envolvidos.

De qualquer forma, a correção é feita de maneira bastante simples, através de uma atualização de software que corrigirá a intensidade da luz traseira gratuitamente. Essa campanha de Recall deverá ser iniciada ainda este mês.