Triumph revela todos os detalhes da nova Street Triple 765 RS


A Triumph apresentou oficialmente hoje (7) todos os detalhes da aguardada Street Triple 765 RS. A versão mais brava da naked média britânica foi revista em todos os detalhes, mas não apresenta o salto de potencia que todos esperavam.

A versão mais esportiva da Street Triple ganhou uma pitada extra de desempenho. (Triumph/Divulgação)

Conforme já havíamos previsto aqui e aqui, a nova Street Triple 765 RS mantém o mesmo aspecto de sua antecessora, mas isso não quer dizer que a motocicleta não tenha passado por uma reestilização. Os característicos faróis duplos de LED estão com um novo design e erradiam uma luz mais brilhante.

O pequeno parabrisa foi modificado, bem como as tampas laterais e traseiras, a capa do assento e o spoiler dianteiro. O quadro é o mesmo, em dupla trave de alumínio, mas o braço oscilante foi modificado para melhorar ainda mais a resposta do amortecedor Öhlins STX40, colocando o assento do garupa em uma posição mais alta.

A mudança mais visível são os novos faróis. (Triumph/Divulgação)


Vamos ao que realmente interessa, o motor. Decepcionando todos aqueles que esperavam algo próximo dos 130 cv da nova Daytona 765 Edição Limitada, a nova Street Triple 765 RS permanece oferecendo “apenas” 123 cv. Contudo, a marca britânica garante que esse número é atingido mais cedo e com mais suavidade do que o modelo anterior.

O resultado foi uma evolução nos números de torque, que antes ofereciam 7,8 kgf.m a 10.800 rpm e agora passa para 8,01 kgf.m a 9.350 rotações, uma melhora de 9%. Isso foi possível graças a um virabrequim, embreagem e balanceador mais leves, além de um novo sistema de exaustão com ponteira de titânio, padrão Euro5.

No câmbio, a primeira e segunda marchas estão ainda mais curtas, para proporcionar uma arrancada mais agressiva. O quickshifter também foi melhorado e agora é do tipo bidirecional de série, ou seja, que habilita trocas rápidas para cima ou para baixo sem a necessidade da embreagem.

O motor está rendendo mais em baixas e médias rotações. (Triumph/Divulgação)


Falando em eletrônica, o painel digital em TFT da Street Triple  foi atualizado em termos de conectividade. Os cinco modos de pilotagem (estrada, chuva, esporte, pista e configurável pelo piloto) foram reajustados. O modo Chuva limita a potência a 100 cv. O ABS também pode ser ajustado e o controle de tração desligado.

A nova Street Triple 765 RS chega às concessionárias europeias e norte-americanas a partir de dezembro em duas opções de cores: Matt Jet Black/Aluminium Silver com adesivos amarelos ou Silver Ice/Diablo Red com adesivos com aparência de alumínio. O preço permaneceu praticamente inalterado, 11.850 euros. Sua chegada ao Brasil deve acontecer no segundo semestre de 2020.

Triumph Street Triple RS 2020 – Ficha técnica
MOTOR
Tipo Três cilindros em linha, refrigeração líquida, 12 válvulas, DOCH
Deslocamento 765 cm³
Diâmetro x curso 77,99 x 53,4 mm
Compressão 12.54: 1
Potência 123 cv às 11.750 rpm
Torque do motor 8,01 kgf.m a 9.350 rpm
Alimentação Injeção eletrônica
Escape Aço 3 em 1
Embreagem Multidisco em banho de óleo com operação anti-rebote
Caixa de engrenagens Seis velocidades
Transmissão final Corrente
Chassis
Quadro Dupla trave de alumínio fundido
Braço oscilante Duplo em liga de alumínio fundido
Suspensão dianteira Garfos invertidos Showa SF-BPF, 41 mm de diâmetro, 115 mm de curso, ajustável em compressão, extensão e pré-carga
Suspensão traseira Amortecedor Öhlins STX40 com curso ajustável de 131 mm em pré-carga, compressão e extensão
Freio dianteiro Discos duplos de 310 mm, pinças radiais Brembo M50
Travão traseiro Disco de 220mm com pinça Brembo de pistão único
Roda dianteira Roda de liga leve 120/70 ZR17
Roda traseira Roda de liga leve 180/55 ZR17
DIMENSÕES
Altura do assento 840 mm
Altura 1.085 mm
Cáster 23,9º
Vão livre 100 mm
Comprimento 2.065 mm
Distância entre eixos 1.405 mm
Peso seco 166 kg
Tanque 17,4 litros