Kawasaki revela Ninja 650 atualizada para 2020


A Kawasaki anunciou hoje (8) a chegada de uma Ninja 650 atualizada para 2019. A carenada de dois cilindros teve o seu design retocado e recebeu incrementos tecnológicos para continuar moderna no início da próxima década.

Derivada da Z650, a Ninja 650 chegou ao mercado em 2017 com a missão de substituir a sua encarnação anterior que, apesar de possuir o mesmo nome no Brasil e Estados Unidos era chamada de ER6-F na Europa, uma motocicleta sensivelmente diferente.

Trata-se, portanto, de um modelo ainda bastante atual. Mesmo assim, a Kawasaki achou que já estava na hora de remodelar os painéis laterais e o assento para se encaixar melhor com outros modelos da linha, como a ZX-6R e Ninja 400. A parte do garupa, inclusive, recebeu uma camada maior de espuma para melhorar o conforto.

O quadro treliçado de aço e o motor de dois cilindros em linha permaneceram inalterados, o que significa que seu rendimento máximo permanece sendo 68 cv a 8.000 rpm e 6,7 kgf.m de torque a 6.500 rpm. Entretanto, a Kawasaki trocou os atuais pneus Dunlop Sportmax D214 pelos mais eficientes Sportmax Roadsport 2, o que deve ter melhorarado a ciclística.

A maioria das modificações, no entanto, se concentrou na parte eletrônica. Agora, a Ninja 650 conta com um novo painel TFT de 10,9 polegadas que contém mais informações, como indicador de marcha, lâmpada de mudança de marcha e indicador de pilotagem econômica.

O painel também agora pode ser conectado a um aplicativo para smartphone, o que pode incluir a funcionalidade GPS. Os faróis são de LED, assim como a lanterna traseira, para garantir uma iluminação mais brilhante.

A nova Ninja 650 deve chegar aos concessionários europeus e norte-americanos nos próximos meses em três opções de cores: verde/preta, preta e branca/preta. Também serão oferecidas duas outras versões: “Performance”, com uma ponteira Akrapovic, e “Tourer”, com cojunto de malas e para-brisa mais alto.